domingo, 31 de maio de 2009

"Furo" ou tiro no pé? Tasso isolado no anúncio da Copa. Em 2010 poderá sofrer mais uma derrota.








Um fato acontecido nas últimas 48 horas pode ser decisivo para a alteração mais célere do cenário político de curto e médio prazo no Ceará. O episódio não pode passar incólume aos olhares atentos dos que se dizem analistas políticos. O "furo" de anunciar a Copa por Tasso, longe de ter sido um grande acerto político do senador e mega-empresário cearense, poderá ser um momento simbólico do aprofundamento de um rico e complexo processo em curso no Ceará de derrota dos já combalidos neoliberais privatistas tucanos e seus aliados.

A união não só em defesa da Copa do Mundo em Fortaleza, mas em vários outros temas políticos e administrativos no último período vem consolidando a relação política entre Cid Gomes (PSB) e Luizianne (PT).

O Desespero de Tasso em anunciar a vinda da Copa com a uma boa ajuda de setores da mídia local, que tratou o "furo" do neoliberal tucano com direito a manchete em letras garrafais em alguns instrumentos, demonstra uma latente preocupação do senador tucano com o seu futuro político. Um palanque com Cid Gomes (PSB) indo para reeleição, com apoio expressivo da esquerda cearense, do (a) candidata (o) apoiada pelo presidente Lula e dois fortes nomes ao senado combatendo o retorno dos privatistas tucanos representados por José Serra que tem o apoio de Tasso, não tenham dúvidas, Tasso perderá a eleição para o senado. Anotem. Paciência, juízo, tolerância serão decisivos para o isolamento de hoje do senador tucano do centro decisivo da política cearense se transforme em derrota eleitoral. Quem viver verá.

A Copa do mundo é nossa.

Fortaleza está prestes a ser anunciada como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Saber tirar proveito da situação com o cuidado de não se fazer o jogo dos oportunistas capitalistas que querem ganhar mais que o que ja vão ganhar com o evento. Pensar em melhorias sociais, combate ao turismo predatório e no povão são pontos importantes de serem consideradas após passada a euforia do anúncio. Confirmando a decisão, trabalho e controle social nos recursos que virão em grande qauatidade para nosso Estado e nossa cidade como anunciam os organizadores.

É o amor. Linda interpetação de Maria Bethânia. Letra de Zezé de Camargo e Luciano.

A título de informação. Sobre a matéria publicada no jornal do O Povo do dia 31 de junho intitulada: Cid resistiria à candidatura petista.

A resolução do Diretório Estadual que se refere à matéria acima, foi aprovada por unanimidade após um rico e democrático debate no partido. O fato de ser uma resolução de Diretório já retira qualquer caráter individual da mesma. Ter sido aprovada por unanimidade é outro elemento que ratifica os valores sagrados para o PT que são: o respeito às posições deliberadas coletivamente com muito respeito e tolerância as posições individuas ou de grupos internos, que são sintetizadas após debates onde todos os membros dos diretórios e lideranças importantes são previamente convidados (não membros do Diretório) ou convocados (membros do Diretório) para transformá-las em resoluções do partido.
Democracia é o outro valor sagrado para nosso partido. A mesma pressupõe coerência, respeito às decisões democráticas do partido e o direito de todos e todas participarem da sua construção. Após aprovadas às resoluções, dentro do que manda a democracia interna, não estão cerceadas de maneira alguma emissão de opiniões individuais de qualquer filiado ou filiada (melhor que seja no ambiente interno do partido, já que já há uma posição oficial sobre o tema), nesse caso sim é bom que fique claro que são opiniões individuais e não as posições do partido.
Na construção da última resolução não poderia ser diferente por os motivos aqui expostos e por ser uma prática arraigada na nossa tradição democrática.
Sobre o PT ter candidato ao senado ratifica-se a posição do partido que indica essa posição. Teremos como sempre tivemos a capacidade de dialogar e construirmos com nossos aliados inclusive o governador Cid Gomes-PSB, uma chapa forte e capaz de aprofundar a derrota dos neoliberais no Ceará em consonância com o projeto democrático e popular em curso no país com a eleição de fortes bancadas parlamentares (incluindo ai os dois fortes candidatos ao senado da base comum aliada dos governos Cid e Lula) no processo que elegerá o sucessor ou a sucessora petista do presidente Lula.

Corpo achado em Berlim pode ser de Rosa Luxemburgo


Resgatando a dignidade Socialista. Rosa Luxemburgo presente.

Um cadáver guardado por décadas no porão do hospital universitário Charité, uma das mais importantes instituições científicas da Alemanha, pode ser o da famosa revolucionária germano-polonesa Rosa Luxemburgo, segundo a revista Der Spiegel. A fundadora do Partido Comunista Alemão, em dezembro de 1918, foi assassinada e jogada num canal um mês depois, 15 de janeiro de 1919, pelos ultradireitistas dos Freikorps.

"Há semelhanças espantosas com Rosa Luxemburgo'', disse diretor do departamento de medicina legal do hospital, Michael Tsokos, após exames minuciosos feitos no corpo.

O torso de mulher, sem cabeça, mãos e pés, foi submetido a diversos exames, incluindo tomografia computadorizada. ''A mulher sofria de artrose e tinha pernas de comprimentos diferentes, exatamente como Rosa Luxemburgo'', acrescentou Tsokos.

De acordo com resultado de análises laboratoriais para determinar a idade, a morta tinha entre 40 e 50 anos. Rosa tinha 47 anos quando foi assassinada, junto com Karl Liebknecht, também fundador do Partido Comunista.

''Socialismo ou barbárie''

Rosa Luxemburgo nasceu em 1871, numa família judaica da Polônia, na época pertencente ao Império Russo. Iniciou a militância aos 13 anos, numa escola feminina em Varsóvia. Em 1897 mudou-se para a Alemanha, onde se desenvolvia o mais importante movimento operário da época.

Rosa foi uma mulher de ação revolucionária – pagando por isto com anos de cárcere – e também uma teórica marxista. Seu texto Reforma ou revolução?, escrito aos 28 anos de idade, é tido como uma obra clássica. Na Carta a Junius, escrita da prisão, durante a 1ª Guerra Mundial, ela formulou o célebre dilema ''socialismo ou barbárie''.

Quando o movimento operário alemão e europeu se cindiu, em 1914, com sua ala direita participando da guerra mundial interimperialista, Rosa colocou-se decididamente do lado dos revolucionários. Foi uma das principais líderes da Liga Spártacus, que em seguida daria lugar ao Partido Comunista da Alemanha.

O apelo de Bertolt Brecht

A militante marxista foi assassinada com um tiro na cabeça em janeiro de 1919, após ser sequestrada e espancada a coronhadas por membros da organização paramilitar de ultradireita Freikorps, que mais tarde apoiaria os nazistas. Depois, o corpo foi jogado em um canal fluvial de Berlim.

Os comunistas alemães sempre acusaram o governo social-democrata da época de mandante do crime. Em 1999, uma investigação do governo alemão concluiu que os Freikorps de fato haviam recebido ordens e dinheiro dos governantes social-democratas para matar Rosa Luxemburgo.

Um corpo encontrado no canal no dia 31 de maio de 1919 foi enterrado como sendo o de Rosa Luxemburgo, em meio a forte comoção do movimento operário alemão e mundial. O epitáfio da sepultura foi escrito pelo poeta e dramaturgo comunista Bertolt Brecht:
Epitáfio de Rosa Luxemburgo
Aqui jaz
Rosa Luxemburgo,
judia da Polônia,
vanguarda dos operários alemães,
morta por ordem dos opressores.
Oprimidos,
enterrai vossas desavenças!

Esquerda exige investigação

Os assassinos jogaram o cadáver da revolucionária num curso d'água em Berlim, o Landwehrkanal. Para Tsokos, a falta de pés, mãos e cabeça seria resultado dos arames de aço que foram amarrados com pesos nos pulsos, tornozelos e no pescoço de Rosa para que o corpo não retornasse à superfície. Ele acredita ser possível que os fios metálicos e a correnteza da água tenham provocado a separação dos membros.

Deputados do partido de esquerda Die Linke (A Esquerda), reivindicaram nesta sexta-feira a intervenção do governo federal alemão para que o mistério seja esclarecido rapidamente. A revolucionária é padroeira da agremiação, formada em 2007 pela fusão do Partido Comunista com a ala esquerda da social-democracia.

Corpo enterrado seria de outra mulher

O médico legista diz crer, com base na análise do relatório da autópsia realizada na época, que o corpo enterrado como sendo o da revolucionária pertencia a uma outra mulher, provavelmente alguém que se suicidou no mesmo canal.

As anotações, os legistas da época não apontam uma diferença no tamanho das pernas do cadáver, nem outras características físicas peculiares a Rosa Luxemburgo.

Ela apresentava uma deformação na coluna, que fazia com que andasse mancando. A cabeça da autopsiada também não apresentava marcas de tiro. O túmulo de Rosa se encontra vazio, depois de ter sido saqueado pelos nazistas em 1935.

''Sob a pressão dos militares, que tinham pressa em resolver o caso, os médicos emitiram o atestado usando uma outra morta afogada'', avalia Tsokos.

Ele reconhece, no entanto, que só poderá ter a prova definitiva por meio de exames de DNA. ''Só assim poderemos ter uma identificação inequívoca'', afirma.

Tsokos espera poder comparar o material genético com mostras retiradas de uma sobrinha de Luxemburgo, que viveria em Varsóvia, para comprovar a identidade do corpo.
Do site: www.vermelho.org.br

Divino. As vozes de Luiz Gonzaga e Gonzaguinha eternizando a poesia de Patativa do Assaré. A essência nordestina.


Triste Partida. Emocionante, bárbaro.Fantástica animação.

sábado, 30 de maio de 2009

Eleições interna no PT e a mídia. Mais uma vez dois pesos e duas medidas.

Acho que cabe os e as petistas a interpretação, a regulamentação e a condução das suas eleições internas, conhecida como PED. Estranha o interesse de parte da mídia pelo processo, inclusive a metodologia e a interpretação do regulamento do PED. O interesse pela metodologia, como funciona, se as bases decidem, se as escolhas são diretas, congressuais ou de cúpulas nunca foi por mim observado em nenhuma cobertura dos processos internos de outros partidos. Acho também que o assunto cabe a eles, são questões internas suas. Dois pesos duas medidas é complicado. Seria interessante divulgar a disputa, valorizar a forma única como PT escolhe seus dirigentes e direções e os resultados do processo, mas as questões internas a qualquer partido é assunto interno e de interesse dos seus filiados.

PT Ceará. DS realiza IX Conferência Estadual.










A Democracia Socialista (DS), corrente interna do Partido dos Trabalhadores, realiza nos dias 29,30 e 31 de maio a IX Conferência Estadual no Ceará.
A abertura do evento aconteceu ontem (29) às 19h no Sindicato dos Bancários no centro de Fortaleza. O encontro terá continuidade no sábado e no domingo em um auditório na periferia de Fortaleza.

Na ocasião, serão homenageados os 100 anos de Patativa do Assaré, o jornal Em Tempo e os 50 Anos da Revolução Cubana. Entre os debates, a Conjuntura Nacional, Estadual e Municipal serão os temas abordados.

A conferência contará com a participação de cerca de 200 militantes petistas. Pela direção nacional estará presente o economista Carlos Henrique Árabe além dos dirigentes estaduais do PT cearense membro da DS.

São militantes da DS Ceará dentre outros e outras o secretário Geral do PT-CE Antonio Carlos de Freitas, o deputado federal Eudes Xavier, a prefeita Luizianne Lins , Raimundo Ângelo presidente do PT Fortaleza, Roberto Gomes secretário de Esporte e Lazer de Fortaleza, Iris Tavares ex-deputada estadual, Ronivaldo Maia vereador em Fortaleza, a vereadora Mara do PT do Crato, Ticiana Studart Marcha Mundial da Mulheres, Auto Filho Secretário de Cultura do Ceará, Frank Ranier executiva estadual da CUT, dirigentes estaduais e municipais do PT, vereadores e vereadoras, além de militantes petistas de vários municípios do Estado.

A Democracia Socialista tem se destacado pela defesa e construção do PT como um partido socialista e militante.

Muito estranho ou no mínimo deselegante o anúncio da Copa pelo senador tucano Tasso.

"Vi primeiro, corri, peguei, é meu".
"Coisa de menino do buchão ou do dono da bola, que não sabe jogar"

Quem quiser que ache legal, bacana, diga que é o seu papel, elogie a esperteza, ou ache que os outros que vacilaram. Não penso assim, quem pensa diferente merece todo o meu respeito. Achei ridículo e deselegante o senador tucano, Tasso se antecipar e anunciar Fortaleza como sede da Copa. Passou por cima do Governador Cid Gomes que vem trabalhando muito para vinda da copa para capital cearense. Ridículo, é o que penso. Parabéns Cid Gomes e Luizianne que batalharam bastante para que fossemos sede da Copa do Mundo de 2014. Por prudência vamos esperar a divulgação oficial no domingo, mas fica os parabéns pela descrição e respeito por estarem tratando o tema com a paciência e a prudência exigida de governantes em assuntos desse porte, que requer mais trabalho que empolgação.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Operação Tapa Buraco em pleno vapor..

Na última sexta-feira (22 de maio), a Prefeitura Municipal de Fortaleza iniciou a execução da Operação Tapa Buracos na malha viária da cidade. Na área da Secretaria Executiva Regional (SER) VI, os moradores dos bairros Castelão, Barroso, Paupina, Messejana, Jardim das Oliveiras, Aerolândia e Dias Macedo já estão sendo beneficiados pela execução de serviços de microdrenagem, pavimentação e aplicação de asfalto.

Saiba mais - A Operação Tapa Buracos tem como objetivo reparar os danos causados pela intensa quadra chuvosa sobre a malha viária da cidade. São 653 pessoas, divididas em 73 equipes, trabalhando em consertos de microdrenagem, pavimentação e aplicação de asfalto.

A Operação será realizada em duas etapas: na primeira, as equipes irão trabalhar durante 90 dias, nas principais ruas e avenidas de Fortaleza. A prioridade é para as vias de grande fluxo e nas quais transitem veículos de transporte coletivo. No segundo momento, após os 90 dias, a Prefeitura irá anunciar um número de telefone de ligação gratuita (0800) para que a população informe as vias secundárias que ainda não tenham sido contempladas pela Operação.

Do site: www.fortaleza.ce.gov.br

Diana. Nossa página musical da sexta-feira.

PSDB ameaça de expulsão deputados. Hipocrisia "pra mais de metro"

O PSDB ameça expulsar quem assinou a PEC da reeleição presidencial para um terceiro mandato. Só lembrando o partido dos privatistas neoliberais, já aprovou a segunda reeleição presidencial valendo para o presidente que estava exercendo o cargo. FHC foi beneficiado, pois o professor estava exercendo o mandato de presidente em 97 quando foi aprovada a lei autorizando a reeleição, podendo assim nosso professor disputar sua própria reeleição. Perguntinha inocente. Algum tucano foi ameaçado de expulsão na época? Na época podia, hoje não, quanta hipocrisia neoliberal. Chama um plebiscito e o povo decide. Legítimo, democrático e educativo.

Nossas maravilhosas guerriras. Hoje Bárbara de Alencar

























Bárbara de Alencar (1765-1832) – Heroína brasileira nascida no sertão de Pernambuco, viveu a maior parte da sua vida no Crato (CE), foi avó do escritor José de Alencar. Uma das primeiras mulheres a envolver-se em política, foi presa em Fortaleza em 1817 por participar de movimentos em prol da Independência do Brasil e por tentar livrar da prisão um irmão e três filhos (dois deles morreram fuzilados). Foi encarcerada no Recife e em Salvador, e sofreu toda sorte de humilhações na prisão, sendo solta em 1821 por ocasião da Anistia Geral.

Ciel voltou. O que acham?








Ciel está de volta ao nosso pebol. Perguntaram-me o que acho da contratação. Para não responder como manda o velho clichê; “dentro de campo ... mas fora, blá, blá, blá”, tenho dito que o que importa de fato para mim é ver o espetáculo dentro das quatro linhas. Ao contratar qualquer atleta, uma diretoria de clube, seja ela qual for, assume a responsabilidade pelas conseqüências dos seus atos. No que tange a bola no pé Ciel é um bom jogador, craque não, mas um bom jogador.

Diferente dos outros casos Esmerino Arruda não voltou. O que está acontecendo?









Não foi concedida liminar para o ex-prefeito Esmerino Arruda do PSDB de Granja retornar a prefeitura daquele município (Norte do Estado). Diferente dos outros prefeitos afastados dos cargos, Esmerino foi o único que não conseguiu liminar para voltar. É bom estudar o caso.

Líderes de CPI são de Estados beneficiados por Lula









Enquanto o respeitado "Financial Times" faz esse atestado de reconhecimento à competência da Petrobras (nota já postada no Blog do Antonio Carlos), no Brasil, o que mais chama a atenção na ação dos senadores tucanos, pefelistas - agora chamados de demos - e dos dissidentes do PMDB, é que os Estados que representam são os mais beneficiados pelo governo Lula e por grandes obras da própria estatal.
O senador Artur Virgilio (PSDB-AM), que governou o país com FHC - foi seu líder e ministro da Secretaria-geral da Presidência da República - não fez nada pelo seu Estado, o Amazonas.

O presidente Lula não só está fazendo o gasoduto Urucun-Manaus, como deu à Zona Franca e ao Distrito Industrial de Manaus tudo que era reinvidicado pelo Estado, sem contar todas as obras de infraestrutura social e econômica ali, tanto é que tem 80% dos votos no Amazonas.

Os mais ingratos e o raivoso e vingativo
Os três senadores de Pernambuco, Marco Maciel (DEM), Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Sérgio Guerra (PSDB), são os mais ingratos e praticam quase uma traição ao mandato que receberam dos pernambucanos porque não têm no Brasil Estado mais favorecido pelo governo Lula do que o que eles representam.

Não apenas com a Refinaria Abreu e Lima - que eles querem paralisar de todas as maneiras - mas com um conjunto de obras gigantesco, do qual eu elejo como símbolo o complexo de SUAPE, um dos maiores canteiros de obras do mundo. Tanto é assim que o presidente Lula, pernambucano, é hoje quase unanimidade no Estado, que se orgulha de seu filho, nascido em Garanhuns.

O senador Tasso Jereissati, tucano cearense, o mais radical inimigo da Petrobras, não se conforma com as derrotas eleitorais que sofreu em 2006 e 2008 no Estado, e com a frustrada tentativa de implantar uma siderúrgica no Ceará.
Por isso não reconhece todo o imenso e fundamental apoio do governo Lula aos últimos governos do Estado, Lúcio Alcântara e Cid Gomes, e à construção de uma refinaria no Ceará, antiga reinvidicação do Estado, agora uma realidade.

É preciso denunciá-los e desmascará-los
É preciso cobrar desses senadores e de seus partidos, nas ruas e no debate político no Congresso Nacional, o comportamento que estão tendo contra os interesses dos seus Estados - que deveriam bem representar - e contra o país.
Denunciá-los à sociedade e desmascarar seus verdadeiros objetivos: a privatização da Petrobras, a entrega do petróleo do pré-sal a grupos estrangeiros, e a liquidação da indústria naval e de petróleo do país, renascida no governo Lula.

Fonte: Blog do Zé Dirceu

quinta-feira, 28 de maio de 2009

O melhor da nossa música. Paulinho Pedra Azul

Não se iludam o fascismo ainda encontra seguidores.

Ação do PCdoB acusa Bolsonaro de quebra de decoro parlamentar

O cartaz que o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) mantém afixado na porta do seu gabinete infringe as regras de boa conduta na Câmara, ofende os familiares dos mortos e desaparecidos e fere o estado brasileiro e o Poder Judiciário. Com esses argumentos, o PCdoB entrou com pedido de instauração de processo ético-disciplinar contra Bolsonaro, por quebra de decoro parlamentar. No cartaz aparece a figura de um cachorro com um osso na boca e a frase "Desaparecidos da Guerrilha do Araguaia: quem procura osso é cachorro." O pedido foi encaminhado à Mesa Diretora da Câmara.


Os conhecidos “Desaparecidos do Araguaia”, como se refere o cartaz provocativo e ofensivo de Bolsonaro, foram assassinados pela ditadura militar que se instalou no Brasil em 31 de março de 1964.


Qualificar todos e todas que procuram informações e a localização dos restos mortais dos guerrilheiros como “cães” procurando um “osso” “é inegável ofensa moral aos familiares dos cidadãos e das cidadãs brasileiros que desapareceram na ditadura militar, em razão de terem participado da “Guerrilha do Araguaia”, alega o PCdoB.


A atitude de Bolsonaro, ex-militar e conhecido como saudosista da ditadura militar, também “desrespeita o disposto no artigo 4º da Lei nº 9.140, de 4 de dezembro de 1995, que criou a Comissão Especial destinada a proceder o reconhecimento de pessoas desaparecidas e diversas circunstâncias. A Comissão Especial tem como atribuição “envidar esforços para a localização dos corpos de pessoas desaparecidas no caso de existência de indícios quanto ao local em que possam estar depositados.”


No pedido, o PCdoB também destaca a ofensa praticada por Bolsonaro ao Poder Judiciário, “que em processo judicial de familiares de pessoas desaparecidas decidiu o mérito da demanda, reconhecendo a responsabilidade da União pelo desaparecimento das pessoas objeto da ação e determinou que sejam disponibilizadas as informações que contribuam para identificar o paradeiro de seus corpos.”


De Brasília
Márcia Xavier

O petróleo é nosso.

CUT e movimentos sociais promovem ato em Brasília em defesa da Petrobras

Integrada à campanha "Por uma nova lei do petróleo, pela retomada do monopólio estatal e em defesa da Petrobrás pública e com compromisso social", a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS) estão convocando para a próxima quarta-feira, dia 3 de junho, uma "Ocupação pacífica do Congresso Nacional", data da instalação oficial da CPI da Petrobrás.

Para o secretário geral da CUT, Quintino Severo, mais do que nunca, "neste momento é fundamental a unidade do movimento sindical e social em defesa da Petrobrás e do patrimônio público nacional", daí a importância da atuação conjunta para "ampliar a defesa do nosso petróleo e do gás contra os que querem destruir a imagem da Petrobrás, paralisar os investimentos e, com isto, diminuir o ritmo do desenvolvimento do país".

Nos últimos dias, foram feitas mobilizações unitárias vitoriosas que envolveram as Centrais Sindicais e o conjunto das entidades populares nos estados do Rio de Janeiro (21/05) e do Rio Grande do Norte (26/5). As próximas manifestações ocorrerão em Curitiba (2/6), Brasília (03/06) e Manaus (11/06).

"Como a Petrobrás responde por mais de 10% do PIB nacional e por quase 60% dos investimentos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), a ação orquestrada pelo PSDB e pelo DEM representa clara sabotagem ao país, uma tentativa desesperada de paralisar os avanços sociais", declarou o secretário de Política Sindical da CUT Nacional, Vagner Freitas, reforçando o significado do dia 3 de junho.

O coordenador da FUP, João Antonio de Moraes, também condenou a irresponsabilidade demo-tucana, mas lembrou que ela faz parte da trajetória neoliberal "dos mesmos que durante oito anos tentaram sucatear e privatizar a Petrobrás, propondo, inclusive, mudar o nome da empresa para Petrobrax". Moraes lembrou que o objetivo da oposição de direita é "retardar o máximo possível a exploração do pré-Sal".

"Por trás da CPI, está também a intenção de dificultar ou impedir mudanças na legislação do setor petróleo, beneficiando o cartel multinacional com as atuais regras que permitem a continuidade dos leilões das nossas reservas de petróleo e gás, o que é um crime de lesa-Pátria", enfatizou Antonio Carlos Spis, membro da executiva nacional da CUT e líder histórico dos petroleiros.

Entre as propostas da campanha está a mudança na Lei do Petróleo, restabelecendo o monopólio estatal e o fim dos leilões; o fim da exportação do petróleo cru e investimento na indústria; fazer a mensuração da riqueza do pré-Sal com a conclusão do processo exploratório, com um inventário de onde está, qual a quantidade e quem ganhou nos leilões e a implantação de um Fundo Social Soberano de Investimento, voltado para as necessidades do povo brasileiro, como educação, saúde, trabalho, moradia e reforma agrária.

Uma grande iniciativa.









A Comissão de Trabalho aprovou na última quarta-feira(20.05), o substitutivo do deputado federal Eudes Xavier (PT-CE) ao PL 4347/98, do deputado licenciado Walter Pinheiro (PT-BA) e do ex-deputado Luciano Zica (PT-SP).

A proposta reduz a jornada de trabalhadores sujeitos a esforço repetitivo para o máximo de cinco horas e com intervalos de 10 minutos a cada 50 minutos trabalhados.

"Acreditamos que as medidas preventivas protegem a saúde do trabalhador, além de não onerar a Seguridade Social. Combinados os exercícios e a jornada limitada em cinco horas diárias, pode haver redução da incidência da lesão por esforços repetitivos nos trabalhadores", avaliou o relator da matéria, deputado Eudes Xavier (PT-CE).Segundo ele, essas lesões causam dor e impedem o trabalhador de exercer a sua função, reduzindo, muitas vezes, a sua capacidade laboral. “A LER é motivo justificado para licença por motivo de saúde e, até, aposentadoria por invalidez, dependendo da gravidade do caso. O tratamento é longo e pode incluir fisioterapia e cirurgia, mas nem todos são bem-sucedidos, podendo não haver a recuperação total da capacidade do trabalhador”, acrescentou.

De acordo com texto aprovado, serão enquadradas na nova jornada reduzida com intervalos e atividades que exigirem força excessiva; posições desconfortáveis; repetitividade de um mesmo padrão de movimentos; compressão mecânica das estruturas dos membros superiores; e tensão excessiva, desprazer e postura estática. Além disso, os intervalos devem ser aproveitados para descanso e para realização de exercícios compensatórios.

Hoje, conforme a legislação trabalhista, a maioria das atividades repetitivas, como a de digitador, está sujeita à jornada maior, de 44 horas semanais. Em alguns setores, como de telefonia, telegrafia submarina ou subfluvial, de radiotelegrafia ou de radiotelefonia, fica estabelecida para os respectivos operadores a jornada máxima é seis horas por dia ou 36 horas por semana. Há intervalos de dez minutos a cada 90 trabalhados para empregados que realizam serviços permanentes de mecanografia (datilografia, escrituração ou cálculo).

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada em seguida pela Comissão de Seguridade Social e Família e, por fim, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.


O fino da bola

Merecida a conquista do Barcelona ontem. O time bem armado deu um nó tático no adversário. Vi o jogo e gostei muito da atuação do time Espanhol. Bom jogo.

Financial Times: Brasil representa o futuro do petróleo latino-americano

Neoliberais tirem as mãos do nosso petróleo.

O Brasil representa o futuro do petróleo latino-americano, em contraste com os problemas enfrentados pelos dois maiores e mais tradicionais produtores da região, Venezuela e México, segundo afirma reportagem publicada nesta terça-feira pelo diário britânico "Financial Times".

"Nos últimos dois anos, a Petrobras, a sofisticada empresa brasileira estatal de capital aberto, descobriu reservas tão promissoras em águas profundas na costa sudeste que os executivos estão comparando esta nova fronteira com o Mar do Norte, que salvou o mundo da crise energética criada pelo Oriente Médio nos anos 1970", diz o jornal.

A reportagem afirma que até agora o Brasil tem gerido bem sua indústria, permitindo que a Petrobras se transforme em "uma das mais avançadas companhias internacionais de petróleo".

Sobre a matéria, o deputado Pedro Eugênio (PT-PE) manifestou satisfação pelo reconhecimento mundial que a Petrobras está recebendo. “Considere que esta é uma visão de um observador externo, imparcial e principalmente conservador (Financial Times) e que está reconhecendo a Petrobras como uma empresa de êxito. É importante lembrar que a Petrobras passa a ser do time principal, não mais dos times secundários no setor petroleiro”.

O parlamentar ressaltou também que é necessário coragem para assumir os riscos de se investir na exploração em águas profundas, como a Petrobras fez. “O Brasil descobriu o pré-sal porque a Petrobras desenvolveu a tecnologia de exploração de águas profundas e possui conhecimento técnico, que permitiu a previsão de possibilidade de um bom resultado. Além disso, a empresa desenvolveu estudos que mostram uma capacidade sem igual junto à coragem da empresa já no governo Lula de realizar projetos caros, coisa que com a acomodação de antes, jamais aconteceria. O reconhecimento do Financial Times serve para reflexão,” sugeriu o parlamentar.

Para Fernando Marroni (PT-RS), o pré-sal foi uma das maiores descobertas do mundo. “No entanto, o que acontece hoje, e que temos que enfrentar é quanto à propriedade do nosso petróleo. Em outros países, os proprietários chegam a pagar 80% e tem 20% do valor. No Brasil, se não mudarmos a situação, o pré-sal será de quem explora. Temos que recomprar a Petrobras, nos tornar de fatos donos de nossa fonte de energia”, defendeu.

O parlamentar também criticou os ataques da oposição feitos à Petrobras, afirmando que quando a divisão de lucros for feita de forma igualitária por todo o Brasil, os próprios cidadãos tomarão conhecimento de que são ‘donos’ da empresa brasileira e que nenhum deputado terá subsídios para atacar o que também lhe pertence.

www.informes.org.br

Oposição contra o Brasil.

Só faltava essa.
Sem ter programa, argumento e nenhuma reserva moral para convençer o povo das suas posições, a oposição privatista e entreguista prejudica o Brasil obstruindo a MP do Fundo Soberano no Senado. Mais uma vez DEM e PSDB jogando contra o povo brasileiro.

Eternas saudades. A MPB ficou mais triste na semana passada com a morte de Zé Rodrix

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Dono da Gol é preso

O dono da Gol, Nenê Constantino, de 78 anos, foi preso em São Paulo, onde cumpre prisão domiciliar. Ele teve prisão preventiva decretada na quinta-feira (21) pela Justiça de Taguatinga (DF), mas não tinha sido encontrado pela Polícia Civil do Distrito Federal nos endereços residenciais e comerciais na Capital federal. Constantino é acusada de ter mandado matar o líder comunitário Márcio Leonardo de Sousa Brito, em 2001. No inquérito instalado na Polícia Civil do DF, Constantino é acusado de ser o responsável pelo homicídio do líder comunitário, morto com três tiros de revólver. Márcio encabeçou a ocupação, naquele ano, de cerca de cem pessoas a um terreno pertencente à viação Planeta em Taguatinga (DF), de propriedade de Constantino.
A polícia do DF descobriu que dois empregados do empresário, já indiciados como co-autores do crime, contrataram um pistoleiro em Goiânia (GO), ainda não capturado, para executar o líder comunitário. A intenção do assassinato era intimidar os invasores do terreno. A polícia apurou também que, antes do assassinato, o empresário fez ameaças diretas de morte a Márcio, que teve o barraco incendiado e foi fisicamente agredido.
O delegado responsável pelo caso, Luiz Julião Ribeiro, da Divisão de Investigação de Crimes contra a Vida, diz estar “fartamente caracterizado” que Constantino usa seu poder político-econômico para interferir no andamento do processo, e que a prisão preventiva tem justamente o objetivo de garantir a eficácia dos trabalhos investigativos.

Amigo de Roriz

A renúncia do ex-senador Joaquim Roriz (PMDB) do cargo, no ano passado, está relacionado com o empresário acusado de assassinato. Durante seus quatro mandatos de governador do Distrito Federal, segundo reportagem publicada em julho do ano passado pela Folha de S.Paulo, Roriz concedeu vários benefícios para empresas de transporte coletivo do empresário Nenê Constantino.
O ex-senador renunciou para fugir ao processo de cassação. Ele foi acusado de ter recebido propina do empresário. Roriz resistiu à realização de licitações expressivas, chegando a ignorar recomendações sucessivas do Ministério Público e até mesmo uma decisão judicial para beneficiar Constantino, diz a matéria.


De Brasília
Márcia Xavier

Preço da gasolina: Tucanos e mídia usam instituto para promover factóide

Postado pelo jornalista Luís Nassif em seu blog

Ontem o Instituto Millenium, do Rio Grande do Sul, lançou a campanha “gasolina sem impostos”. Escolheram meia dúzia de postos no Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas. Eles vendem a gasolina sem cobrar a CIDE - que será paga pelo Instituto. A ideia é mostrar como o governo tunga os contribuintes com impostos.

A quantidade de postos era irrisória; os ecos na mídia, desproporcionais.

Fazem parte do Conselho de Governança do Instituto Gustavo Franco e alguns próceres da mídia, como Roberto Civita e João Roberto Marinho. O gestor do fundo patrimonial é Armínio Fraga. O Conselho Editorial é composto por Antonio Carlos Pereira - chefe dos editorialistas do Estadão - e do inacreditável Eurípedes Alcântara, da Veja.

A ironia da história é que a CIDE foi criada por um governo do qual faziam parte Gustavo Franco e Arminio Fraga. Foi reduzida recentemente.

É importante haver centros de pensamento liberais de bom nível - assim como de outras tendências. Mas não se pode enveredar pela fabricação de factóides que, em vez de elevar o debate, acabam denotando oportunismo político.

Deixa a mulher trabalhar. Ministério do Turismo aprova liberação de US$ 50 milhões para investimentos na capital

O secretário de Turismo de Fortaleza (Setfor), Henrique Sérgio Abreu, encontra-se em Brasília concluindo a segunda fase para a liberação de US$ 50 milhões para a execução do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS). Segundo o secretário, a Carta Consulta para obtenção do empréstimo foi aprovada, na última quarta-feira (20), no Ministério do Turismo (Mtur). Deste total, US$ 25 milhões são recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com cinco anos de carência, e mais 20 anos para pagamento. Os outros US$ 25 milhões são bônus do Mtur. Parte dos recursos já está presente no Orçamento da União deste ano. A outra metade terá que ser aprovada, agora, no Ministério do Planejamento e, depois, no Ministério da Fazenda e Senado.
Onde serão aplicados os recursos - Segundo o secretário de Turismo de Fortaleza, os projetos onde os recursos serão aplicados obedecerão ao que determinar o PDITS. As áreas geográficas onde o dinheiro será investido, no entanto, já estão definidas, são elas:

Praia do Futuro

Terminal de passageiros (Porto do Mucuripe)

Beira-Mar

Praia de Iracema

Morro Santa Teresinha

Centro da Cidade

Barra do Ceará

Entorno dos estádios PV e Castelão

Bioparque Passaré

“O PDITS apontará o planejamento para o desenvolvimento do turismo em Fortaleza em curto, médio e longo prazos”, afirma Henrique Sérgio Abreu.

Fonte: www.fortaleza.ce.gov.br

Tragam de volta o Campeonato Cearense

Mais um péssimo resultado para nosso pebol. Fortaleza perde e o Ceará empata. Que saudade do campeonato patativense. Aqui é muito fácil, Ceará e Fortaleza baterem em um Ferrão cambaleante e em alguns outros poucos heróis da resistência e erguer a taça de Campeão Cearense. Não quero dizer que os adversário no brasileirão sejam bons, pelo contrário o que que digo cabalmente é que Ceará e Fortaleza não possuem adversário a altura no nosso gostoso e maravilhoso "manjadinho".

Tucanos tentam censurar inserções do PT, mas TSE nega

O ministro Félix Fischer, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, indeferiu nesta terça-feira (26) pedido de liminar ajuizado pelo PSDB, que tentava censurar as inserções nacionais do PT a serem exibidas no rádio e na televisão na noite de hoje.

A ação dos tucanos usava o falso argumento de que as inserções petistas estariam supostamente fazendo “propaganda eleitoral” para a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Das três inserções de 30 segundos cada, veiculadas desde a semana passada, a ministra Dilma aparece em duas. Na primeira, sua fala dura apenas 7 segundos. Na segunda, 4 segundos. Nos dois casos, fazem referência aos avanços do Brasil promovidos pelo PT e suas políticas públicas.

Os tucanos usaram um segundo argumento, igualmente falso, na tentativa de tirar as inserções do ar. Dizem eles, na representação ajuizada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que a elevação dos índices de intenção de voto na ministra – conforme pesquisa divulgada pelo PT também na semana passada – já seria um reflexo da exposição de Dilma nas inserções. Ocorre que as inserções começaram a ir ao ar em 19 de maio, enquanto a pesquisa foi feita entre os dias 2 e 7 de maio.
Do site:www.pt.org

segunda-feira, 25 de maio de 2009

CPI da Petrobrás: o que tem lá no fundo

É revoltante assistir velhos personagens do PSDB e do ex-PFL falarem em "moralidade", "comportamento republicano" e outros valores que eles sempre foram pródigos em pisotear.

Há muitos mecanismos de fiscalização e controle sobre as empresas, privadas ou públicas. Mecanismos de Estado e até mesmo de mercado, importantes para apurar possíveis desvios e corrigi-los se houverem. Defendemos a intensificação desses instrumentos e da efetividade deles.

A Petrobrás, por ter maioria acionária pertencente à União, deve mesmo prestar contas de sua gestão, com maior rigor até que outras corporações, a título de exemplo e para fazer valer seu papel social em todos os momentos. A CUT sempre defendeu isso e acredita inclusive que deve haver participação social direta na gestão, com a presença de representantes eleitos pelos trabalhadores e pelos demais setores produtivos.

Que fique claro de uma vez. Tem de haver controle, mas não pode ser o controle do PSDB e do ex-PFL. A instalação da CPI - que o próprio ex-PFL achava precipitada, ligeira demais - tem evidente conotação eleitoral, e todos pelas ruas sabem disso. Dentre os objetivos inconfessáveis da oposição, o que mais aparece é a tentativa de inviabilizar o governo Lula.

Outras intenções perversas ainda não são tão evidentes assim. O papel dos movimentos sociais é trazer essas razões para a superfície, através das mobilizações que já iniciamos a partir da última quinta, no Rio de Janeiro.

Quais essas razões? Os movimentos sociais e os partidos de esquerda estão elaborando propostas e pressionando o governo federal para a implementação de uma nova lei do petróleo, que acabe com os leilões para exploração das jazidas e especialmente para garantir que as imensas riquezas da camada pré-sal sejam geridas por um fundo social soberano. Através desse fundo, parte expressiva dos resultados financeiros da comercialização do petróleo seria destinada para programas e políticas públicas de educação, combate à pobreza, cultura, saúde, infraestrutura, pesquisa, segurança e outras, destinadas ao pagamento da dívida social existente em nosso país.

Com a possibilidade cada vez maior de nascer um novo marco regulatório com essas características, a CPI, detonada a partir de denúncias que os mecanismos de controle podem facilmente resolver, é uma iniciativa oportunista de implodir uma mudança de tamanha monta.

Assim, a oposição espera manter tudo como está, com a vigência da legislação criada no governo FHC e que permite a multinacionais e ao capital especulativo continuar se apropriando das reservas brasileiras. Lembremos que a fonte de energia representada pelo petróleo é cada vez mais escassa no mundo, especialmente nos países do Hemisfério Norte. Segundo dados apresentados em nosso Seminário Energia, Desenvolvimento e Soberania, realizado ano passado, os Estados Unidos têm reservas próprias para mais quatro anos, no máximo. O PSDB e o ex-PFL, artíficies da privatização tresloucada dos anos 1990, portam-se como a 4ª Frota estadunidense, que passou a lançar olhares ameaçadores sobre nossa costa assim que foi anunciada a descoberta do pré-sal, quando a era Bush começava a naufragar.

Além de querer minar possibilidades de futuro, a oposição não hesitará em causar a interrupção de obras que têm investimentos da Petrobrás. Há muitos projetos, seja no âmbito do PAC ou não, com investimentos vindos dessa estatal. Se a CPI se degenerar totalmente, pode comprometer desde já obras essenciais para o desenvolvimento regional e nacional. Num cenário de crise internacional e sendo a Petrobrás o maior investidor do país - 92% de todos os investimentos puxados por estatais e com desembolso maior que a própria União - a oposição quer fazer o Brasil patinar em meio à crise.

Agora, através de ações na mídia, tentam vincular nossas mobilizações a patrocínios ou convênios que os movimentos sociais receberam da empresa. Esquecem de dizer que entidades empresariais, incluindo a mídia, e ONGs ligadas à oposição também recebem esse tipo de investimento, algo comum a uma empresa do porte da Petrobrás. De nossa parte, podemos dizer com tranquilidade que todas as ações da CUT Nacional em parceria com qualquer empresa ou órgão do governo foram realizadas e suas prestações de contas aprovadas pelos órgãos controladores.

Artur Henrique, é presidente nacional da CUT

Clima explosivo na geopolitica.











Kim Jong- II

A Coréia do Norte realizou um teste atômico de grande porte. Sou contra a manutenção da força na geopolítica por se ter o poderio atômico. (que é conseqüência do poderio econômico) Só não posso deixar de fazer a seguinte observação: o poderio de muitos países ricos é lastreado por poderosos exércitos e por dominarem a tecnologia atômica.

Estado para o século 21.

A visão do Estado atuando em contraposição às forças de mercado se tornou anacrônica diante dos desafios das nações neste começo do século 21. Pela globalização, por exemplo, diversos países voltaram a se especializar no uso intensivo dos recursos naturais e da produção de contido custo do trabalho, comprometendo o avanço de projetos nacionais capazes de incluir a totalidade de suas populações nos frutos da modernidade.

No Brasil da última década, a prevalência da premissa de que menos Estado representaria mais mercado teve convergência com o modelo de sociedade para poucos. E a contenção do Estado produziu o encolhimento do próprio setor privado nacional (bancos e empresas não financeiras), cada vez mais dominado por corporações estrangeiras.
Com a redução dos bancos públicos, acompanhada da brutal diminuição dos bancos privados nacionais, e o esvaziamento das firmas nacionais entre as maiores empresas no país, parcela crescente da riqueza deixou de ser compartilhada com a nação.

Hoje, pelo menos dois quintos dos brasileiros são analfabetos funcionais, afora um enorme déficit econômico e social. Obstáculos como esses enfraquecem o estabelecimento de um novo padrão civilizatório contemporâneo dos avanços do século 21.

As forças de mercado, embora imprescindíveis na geração de oportunidades, mostram-se insuficientes para garantir o acesso a todos. Não há dúvidas de que, neste contexto, a presença renovada do Estado se faz necessária. Mas que Estado? Um equívoco seria tratar o Estado com as mesmas premissas do século passado.
Neste século, cuja sociedade eleva sua expectativa média de vida para além dos 80 anos, a parcela dos idosos deve superar o segmento infantil e as ocupações geradas passam a depender fundamentalmente do setor terciário, que já responde por três quartos do total dos postos de trabalho.
Sem a garantia do pleno e equivalente direito de oportunidades a todos, o princípio da liberdade de iniciativa individual e coletiva permanece no plano da retórica. Em síntese: a prevalência do reino da desigualdade e da exclusão sediada no Brasil.

O Estado necessário do século 21 precisa incorporar novas premissas fundamentais.

A primeira passa pela reinvenção do mercado, capaz de fazer valer a isonomia nas condições de competição.
Em qualquer atividade econômica, predomina hoje um conjunto de práticas oligopolistas de formação de preços e domínio do mercado, o que exclui parcela significativa dos empreendimentos empresariais da livre competição.
A mudança na relação do Estado com o mercado é urgente e inadiável, com a adoção de políticas que apoiem a igualdade de oportunidades por meio de condições de competição e cooperação só oferecidas ao circuito superior da economia, como o acesso ao crédito, tecnologia e assistência técnica, entre outras.
Uma segunda premissa compreende a mudança na relação do Estado com a sociedade, especialmente quando as políticas universais de saúde, educação, trabalho e transporte não apresentam a eficácia global esperada. Isso porque a complexidade dos problemas atuais requer ação totalizante, por isso matricial e transdisciplinar no plano territorial.
Uma política de assentamento urbano, por exemplo, dificilmente terá êxito sem superar a lógica das caixinhas contida no compartilhamento do Estado brasileiro. Além da especificidade do assentamento, é necessária para a eficácia global a adoção de políticas complementares e articuladas, como educação, saúde, transporte e saneamento, entre outras.
Por fim, uma terceira premissa deve convergir para a mudança na relação do Estado para com o fundo público. De um lado, o avanço na tributação progressiva, capaz de deslocar a base tradicional de incidência (produção e consumo) para o patrimônio e novas formas de riqueza. De outro, a renovação do sistema de financiamento da agenda socioeconômica do século 21 (postergação no ingresso no mercado de trabalho, trajetória ocupacional diversificada, educação para a vida toda). O uso do fundo público comprometido com os novos desafios não precisa ser estatal, podendo ser comunitário.
Tudo isso, contudo, dificilmente poderá ser desenvolvido sem a renovação do Estado para o século 21.

Marcio Pochmann , 47, economista, é presidente do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e professor licenciado do Instituto de Economia e do Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho da Unicamp. Foi secretário do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura de São Paulo (gestão Marta Suplicy).

Texto publicado originalmente na coluna Tendências/Debates do jornal Folha de S. Paulo, edição de 20/05/2009.

Uma justa homenagem a nossa cultura.














Por solicitação do vereador Ronivaldo Maia (PT), a Câmara Municipal de Fortaleza realiza amanhã, 26, às 14:30min, sessão solene em homenagem aos 30 anos do Movimento Massafeira Livre. Na solenidade, a família do compositor e ex-secretário estadual de cultura Augusto Pontes receberá homenagem, por sua contribuição com a cultura popular cearense.

Segundo o vereador do PT, a solenidade é um reconhecimento à contribuição dos quase 200 artistas e produtores culturais que, em março de 1979, reuniram-se com o intuito de fortalecer a produção cultural do Ceará. “As novas propostas estéticas e musicais apresentadas no Festival Massafeira foram condensadas em um álbum duplo lançado em 1980 e impulsionaram um novo ciclo na música popular cearense”, destacou. Ele disse que ao contrário do que ocorreu com o “Pessoal do Ceará” da década de 70, os compositores do Massafeira Livre - por não sentirem necessidade de atuar no eixo Rio-São Paulo - apostaram no fortalecimento da produção cultural local.

HOMENAGEM - Na solenidade, a família do compositor e ex-secretário estadual de cultura, Augusto Pontes, receberá homenagem da Câmara Municipal de Fortaleza por sua importante contribuição com o Movimento Massafeira e outras tantas iniciativas de valorização da arte produzida em nosso Estado. Além de ter produzido em parceria com Ednardo o festival e o LP Massafeira Livre, Augusto Pontes também foi o responsável pelo primeiro disco independente da safra “Pessoal do Ceará”, em 1968. O movimento aproximou nomes como Fagner, Belchior, Teti e Ednardo da nova geração de artistas que surgia na década de 80 em nosso Estado.
Do site:http://www.cmfor.ce.gov.br

O outrora "imbatível" capitalismo começa a cambalear.

Países mais ricos sofrem maior queda desde 1960,
O Produto Interno Bruto (PIB) dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) caiu 2,1% no primeiro trimestre de 2009 em relação ao trimestre imediatamente anterior, segundo estudos preliminares divulgados pela entidade nesta segunda-feira.
Trata-se da maior queda desde que a OCDE começou a registrar os dados do PIB, em 1960, e também da terceira queda consecutiva desde o terceiro trimestre de 2008.
Em relação ao mesmo trimestre no ano passado, o PIB dos mesmos países sofreu uma queda de 4,2%.
O país mais afetado nos três primeiros meses de 2009 foi o Japão, com uma queda de 4%, seguido pela Alemanha, com -3,8%. Além deles, sofreram queda Itália (-2,4%), Grã-Bretanha (-1,9%), Estados Unidos (-1,6%) e França (-1,2%).
Juntamente com o Canadá, cujos dados não foram divulgados por serem computados por outra metodologia, estes países fazem parte do chamado G7, das maiores economias do mundo.
Também são membros da OCDE outros países da União Europeia, Coreia do Sul, México, Turquia, Islândia, Suíça, Austrália e Nova Zelândia, mas não foram divulgados dados sobre eles.
Na semana passada, o Japão anunciou ter sofrido, no primeiro trimestre deste ano, a maior contração desde que os registros começaram, em 1955, por causa da queda acentuada das exportações do país.
A Itália também anunciou que seu PIB caiu 5,9% no primeiro trimestre do ano, em comparação ao mesmo período em 2008, a pior queda desde 1980.
Do site: www.pt.org.br

CUT- Ceará Jerônimo é reeleito presidente










O atual presidente da CUT-Ceará Jerônimo Nascimento foi reeleito com 84,9 % dos votos dos 649 (do total 654 aptos a votarem) delegados presentes nos trabalhos finais do 11º Congresso da combativa Central Única dos Trabalhadores realizado neste final de demana em Beberibe. O congresso começou na sexta-feira dia 22 e teve seu encerramento na tarde de ontem domingo dia 24. Muita luta e conquistas para nova direção e boa sorte ao presidente reeleito nessa missão importante para qualqer sindicalista comprometido com a luta da classe trabalhadora.

PT pelos sertões.

Não foi somente a presença de Zé Dirceu que agitou a agenda petista na semana passada. Na sexta-feira dia 22 ,os andarilhos da caravana vermelha do PT estiveram nos sertões patativenses. Desta vez os municípios visitados com entusiasmada participação de dirigentes e militantes foram Campos Sales, Araripe, Assaré e Juazeiro do Norte. Na pauta renovação das comissões provisórias e o debate da conjuntura política. Muito importante esse acompanhamento de perto das ações do partido nas cidades do interior. É pé na estrada e muita disposição. Compuseram a caravana: o secretário geral do partido Antonio Carlos de Freitas, o secretário de organização Haroldo Pontes, o secretário de finanças e planejamento Reudson de Souza e o secretário de formação política Antonio Ibiapino.

Atenção vanguardista e rebelde povo do Ceará. Mobilizações em defesa da Petrobras estão acontecendo em todo país.
















Eles (neoliberais) querem voltar e privatizar a Petrobras, fiquemos atentos.
Natal (RN) terá manifestação em defesa da Petrobras na terça-feira (26)

Entidades sindicais, movimentos sociais e parlamentares vão promover na próxima terça-feira (26 ) uma manifestação em Natal, em defesa da Petrobras e por uma nova legislação para o setor do petróleo. Durante o ato, os manifestantes vão dar um abraço simbólico à sede local da Petrobras. A manifestação é em continuidade ao movimento nacional "Parar a Petrobras é parar o Brasil, iniciado nesta quinta-feira, 21, no Rio de Janeiro, pela Federação Única dos Petroleiros, CUT, UNE, Ubes, MST, entre outras entidades dos movimentos sociais.

Manifestações têm sido programas em todo o país, após a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado Federal destinada a investigar se a estatal cometeu sonegação fiscal e se fez repasses irregulares de royalties a prefeituras. Segundo a deputada Fátima Bezerra (PT-RN), a mobilização reforça a urgência de uma nova legislação para garantir o controle estatal e social das reservas brasileiras de petróleo e gás. “Esse movimento é para defender a Petrobras, evitar ataques à soberania nacional e denunciar o golpe que alguns senadores querem dar na empresa.”

Em relação à CPI da Petrobras instalada no Senado Federal, a deputada disse que a tentativa do PSDB é enfraquecer a Petrobras. “O que eles pretendem, na verdade, é abafar a discussão do novo marco regulatório do petróleo no Brasil. A descoberta do pré-sal torna urgentes novas regras para o setor que foi desregulamentado nos anos 90, no governo FHC”, disse.
Recife
Nesta segunda-feira (25), em Recife, haverá outra manifestação em apoio à Petrobras. O ato é promovido pelo deputado Fernando Ferro (PT-PE), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Pernambuco e ao Sindicato dos Petroleiros do Estado. O evento será às às 9h, no plenário da Câmara Municipal do Recife.
Do site:www.pt.org.br

PC Gusmão

PC Gusmão, o nome é de peso. Mas sou da tese que não existe treinador bom para time ruim. Vamos ver se o Ceará reforça o elenco, dispensa que deve ser dispensado e se estabiliza na competição. Não começou bem e esses potinhos, já foram 8 perdidos, farão muita falta na reta final do campeonato. É bom mudar a rota. A mudança de treinador já é um indicativo dessa disposição.

O Icasa salvou a pátria

O Icasa conquistou a única vitória de um time patativense no campeonato Brasileiro(série C) no final de semana. O melhor é que o Verdão venceu fora de casa, derrotou o Confiança em Sergipe. Boa sorte para o Icasa e que esssa vitória não seja somente um fato isolado dentro da competição, que será longa e mias organizada que nos anos anteriores. Parabéns ao Verdão, pelo menos neste final de semana salvaste a pátria.

domingo, 24 de maio de 2009

De volta à terra do Padim.


















O ex-ministro Zé Dirceu está desembarcando agora em juazeiro do norte. Na agenda plenária com petistas da região no Memorial Padre Cícero. Em bate papo agradável com o ex-presidente do PT ontem, Zé Dirceu me revelava que durante a ditadura militar esteve na clandestinidade naquela região, mais precisamente em Crato e Juazeiro. Zé Dirceu como muitos lutaram pela democracia e hoje pode retornar aos lugares onde passaram em um momento difícil de suas vidas e da vida do país.

Nossas maravilhosas guerreiras. Desculpem o atraso.

















Nossa homenagem as maravilhosas guerreiras da luta do povo não pode ir ao ar na sexta-feira por motivos técnicos. Com nossos pedidos de desculpas pelo o ataraso, fazemos hoje trazendo a nossa querida e combativa Luiza Erundina de Souza, militante socialista ex-prefeita de São Paulo. Hoje é deputada federal. Luiza Erundina nasceu na Paraíba e é uma brasileira que não foge da luta.

Para que o domingo seja mais bonito ainda. Esquadros. Genialmente Adriana Calcanhoto

Mais informações da pesquisa feita pelo Vox Populi sobre o cenário político brasileiro.

















Veja abaixo os principais números da pesquisa, que tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais:

BRASIL

67% estão satisfeitos ou muito satisfeitos, igual a maio de 2008

27% estão insatisfeitos; 5% muito insatisfeitos

Para 60%, Brasil melhorou nos últimos anos

Para 14%, piorou

Para 56%, vai melhorar nos próximos 2 anos

Para 13%, vai piorar

PARTIDOS

Preferência

PT tem 29% da preferência partidária; alta de 4 pontos em relação a 2008 e de 10 pontos sobre 2004.

PMDB tem 8%; PSDB tem 7%; e DEM tem 1%

Eleitores sem preferência: 49%, queda de 15 pontos em relação a 2004 (64%)

Rejeição

PT tem 8% de rejeição, estável em relação a 2008

PMDB tem 5%; PSDB tem 5%; e DEM tem 3%

67% não rejeitam nenhum partido, queda de 2 pontos em relação a 2008 (69%)

Imagem

Primeiro partido que vem à cabeça: PT, 35%; PMDB, 24%; PSDB, 14%.

AVALIAÇÃO DO PT

59% têm muita ou alguma simpatia pelo PT, aumento de 12 pontos sobre 2008

81% acham o PT forte ou muito forte, aumento de 5 pontos em relação a 2008

65% consideram positiva a atuação do PT na política, aumento de 5 pontos sobre 2008

Para 70%, o PT ajuda o Brasil a crescer, aumento de 5 pontos sobre 2008

Opiniões sobre o PT

É dinâmico e trabalhador: 75%, contra 69% em 2008

É moderno, com idéias novas: 75%, contra 69% em 2008

Deve ter candidato próprio à Presidência: 68%, contra 67% em 2008

GOVERNO LULA

Desempenho do presidente

Avaliação positiva: 87% (ótimo, bom e regular positivo), contra 84% em 2008

Avaliação negativa: 13% (ruim, péssimo e regular negativo), contra 15% em 2008

Melhores ações do governo

Programas sociais, 36%; política econômica, 19%; Educação, 8%; Habitação, 7%

ELEIÇÕES

Partido do próximo presidente

Para 34%, próximo presidente deve ser do PT

Projeto de país

Para 73%, próximo presidente deve continuar com todas ou com a maioria das atuais políticas, contra 68% em 2008.

Candidato apoiado por Lula

23% votam com certeza no candidato apoiado por Lula

41% pode votar, dependendo do candidato

10% não votam

22% não levam isso em consideração

INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE, 1º turno, estimulada

Cenário 1

Ciro Gomes (PSB), Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Ciro, 23%; Dilma, 21%; Aécio, 18%; Heloísa, 10%; Branco/Nulo/NS, 18%

Cenário 2

Ciro Gomes (PSB), Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Serra, 36%; Dilma, 19%; Ciro, 17%; Heloísa, 8%; Branco/Nulo/NS, 19%

Comparativo: Em relação a maio de 2008, Dilma subiu 10 pontos; Serra caiu 10 pontos; e Ciro caiu 6 pontos.

Cenário 3

Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Dilma, 25%; Aécio, 20%; Heloísa, 16%; Brancos/Nulos/NS, 40%

Cenário 4

Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Serra, 43%; Dilma, 22%; Heloísa, 11%; Branco/Nulo/NS, 24%

Cenário 5

Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB)

Serra, 48%; Dilma, 25%; Branco/Nulo/NS, 37%

Rejeição

Heloísa, 17%; Aécio, 13%; Serra, 12%; Dilma, 11%; Ciro, 9%.

Fonte: Vox Populi

Mais duas derrotas.

Ceará e Fortaleza perderam de novo. Até quando vamos deixar encarar o "Brasileirão" com a seriedade necessária? Hoje o Icasa estréia na terceira divisão, "talvez venha nos restituir a glória". Quem sabe, quem sabe .................... ?

Para o desespero dos neoliberais. Dilma cresce.

PT amplia liderança partidária e Dilma já ultrapassa 20% de intenção de voto

Pesquisa do instituto Vox Populi realizada entre os dias 2 e 7 de maio mostra que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, já tem entre 19% e 25% de intenção de votos para a Presidência da República, caso seja candidata em 2010.

O levantamento, que ouviu duas mil pessoas em todas as regiões do país, mostra ainda que o PT continua sendo o partido de maior preferência da população. O índice, que era de 25% em maio de 2008, saltou para 29% agora. Em seguida, vêm PMDB, com 8%; e PSDB, com 7%. O DEM, ex-PFL, tem apenas 1%.

Os números mostram que 59% dos entrevistados têm muita ou alguma simpatia pelo PT. Para 70%, o PT ajuda o Brasil a cerscer.

Encomendada pelo PT, a pesquisa mostra também um quadro de ampla aprovação popular ao governo Lula. A avaliação positiva do presidente (considerando os índices de ótimo, bom e regular positivo) chega a 87%. Para 60%, o Brasil melhorou nos últimos dois anos, enquanto 67% se dizem satisfeitos ou muito satisfeitos com o país.

O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, comemorou os resultados do levantamento.

“A pesquisa mostra um quadro muito positivo, pois o PT ampliou seu percentual de preferência partidária junto à população, com atributos positivos em vários aspectos. Nosso governo está com mais de 80% de aprovação. Isso mostra o acerto da condução partidária e das medidas de enfrentamento à crise mundial”, afirmou.

Berzoini também destacou a subida de Dilma na sondagem eleitoral. "O desempenho da Ministra Dilma é consistente, levando-se em conta que boa parte da população não a conhece e não sabe ainda que Lula e o PT a apóiam. Vamos apresentar um Programa com mais avanços e novas conquistas para as eleições de 2010, para trabalhar a ampla aprovação da maioria da população ao projeto em andamento no país".
Do site:www.pt.org.br

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Já pensaram se esses "errinhos ou vacilos" fossem cometidos pela Prefeitura de Fortaleza?

Os livros de Serra: 2 Paraguais, 10 palavrões e 0 educação

Ladeira abaixo, assim caminha a Educação em São Paulo. A sucessão de desparates políticos, pedagógicos e estruturais parece não ter fim. Os números de horror protagonizados pela administração tucana são intermináveis. O mais novo episódio foi a aquisição do livro Dez na área, um na banheira e ninguém no gol para o programa Ler e Escrever destinado aos alunos do ensino fundamental.

Por Renata Mielli, em seu blog Janela sobre a Palavra



Capa do livro distribuído

O livro, uma coletânea de histórias em quadrinhos assinadas por quadrinistas renomados, que conta com o prefácio do craque de futebol Tostão e introdução do escritor e roteirista José Roberto Torero, está muito longe de ser destinado ao público infanto-juvenil e, muito menos, como material de apoio didático.

Suas histórias falam de futebol com a liberdade temática e de expressão que movem os apaixonados pelo esporte, ou seja, envolvem palavrões, situações de violência e de verborragia sexual. É um livro para adultos.

Na avaliação da Secretaria Estadual de Educação o erro - como foi classificada a compra dos livros - não foi tão grave, uma vez que este é apenas ''Um título entre 818 que foram adquiridos pelo programa, e os 1.216 exemplares da obra representam ''0,067% do 1,79 milhão de livros colocados à disposição das crianças'', segundo nota da Secretaria. O equívoco foi minimizado, ainda, pelo fato de se ter percebido rapidamente que o conteúdo era inapropriado, permitindo o pronto recolhimento dos livros.

A questão que deveria ser colocada em debate não é o ''erro'', pontual ou não, da aquisição do livro inadequado ou, ainda, a impressão de cartilhas com dois Paraguais no mapa, mas sim ir a fundo na discussão da metodologia de trabalho da Secretaria Estadual de Educação, no treinamento dos profissionais responsáveis pela definição do material didático e de apoio, no processo de formação dos professores da rede, o investimento em novas tecnologias e infraestrutura para modernizar a rede e tornar o ensino mais atrativo.

Para se eximir do problema, a Secretaria informou, também em nota, que abriu sindicância interna para apurar quem foi o responsável pela compra dos livros. Ora, responsabilizar um funcionário não vai solucionar um problema que se alonga há mais de uma década e que está enraizado na concepção que este governo tem da Educação pública - um serviço que deveria ser terceirizado ou privatizado.

Essa é a visão que perpassa toda a política educacional que vem sendo aplicada no estado de São Paulo, desde que o PSDB assumiu a administração. Maquiagem de estatísticas com a criação da Promoção Continuada, que já foi altamente questionada e denunciada pela sociedade como sendo, na prática, uma aprovação automática, que aprova alunos sem o domínio mínimo dos conteúdos, semialfabetizados.

Falta de professores, salários defasados, falta de equipamento escolar adequado, falta de escolas, e um rosário sem fim de ausências que poderia ser desfiado ainda por muitas e muitas linhas.

Que mais esse episódio sirva de estímulo para a sociedade exigir uma mudança de postura do governo paulista diante de um grave problema social de nosso estado.

Do site: www.vermelho.org.br

O estado de emergência em Fortaleza e a moral do "tucanato"









Corretíssimo a decisão de decretar emergência no município de Fortaleza tomada pela prefeita Luizianne Lins. O inverno tem sido muito, mais muito acima da média. Não tem malha viária que resista. Assistiremos nos próximos dias um deslocamento populacional do interior para capital. Não há cidade preparada para esta quantidade de água. Essa é a Fortaleza recebida dos “melhores prefeitos” do Brasil representantes de grupos que passaram mais cada de uma década no poder. Cantados em versos e prosas, por a mesma imprensa que quer que um problema secular seja resovido em quatro anos. Os "melhores" nos legaram esse asfaltamento sem obra anterior de drenagem que evitasse os alagamentos (que repito acho impossível acontecer com o volume de águas como o que estamos vendo).
O decreto de emergência é necessário para que tenhamos celeridade nas ações que visam amenizar os problemas advindos desse verdadeiro dilúvio que tem caído sobre nossa capital. Os tucanos reclamam, esbravejam e gesticulam sem razão sobre o decreto. Dizem ser o papel da oposição. Será? Os “tucanos” quase acabaram com o país e o Ceará, deram a Coelce para os amigos, demitiram milhares de servidores, enfraqueceram o Estado em um país pobre como o nosso, quebraram e privatizaram o BEC, espancaram trabalhadores rurais acampados na Bezerra de Menezes que lutavam por melhores condições de vida, abandonaram o interior cearense e agora querem da uma de defensores dos pobres e dos oprimidos. Fazem do Estado a extensão dos seus negócios e pensam que todo mundo age assim. Fiquem atentos, eles querem voltar ano que vem e vender o que restou de patrimônio publico do país, atenção, muita atenção.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Notícia boa. Concurso para professores.

Edital do Concurso Público em fase de finalização


A Secretaria Municipal de Educação (SME) finalizará na próxima semana o Edital do Concurso Público para professores efetivos. As vagas são destinadas a professores do Ensino Infantil, do Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano (Professor Pedagogo) e do 6º ao 9º ano (Professor Área Específica).
O lançamento do Edital, programado desde o início do ano, acontece logo após a finalização do processo de lotação dos profissionais nas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, o que permitiu determinar com precisão a necessidade e o número de vagas.

De acordo com a secretária de Educação, Ana Maria Fontenele, o concurso atende ao previsto no Plano Municipal de Educação e foi incluído no Programa de Governo pela Prefeita Luizianne Lins. A secretária também lembra que para ingressar como Professor, na Prefeitura Municipal de Fortaleza, é necessário ter nível superior (licenciatura plena em pedagogia ou, em áreas específicas, conforme o nível de ensino e descrição das vagas). Aguarde!

FUP, CUT e movimentos sociais realizam ato em defesa de nova lei do petróleo

A FUP e os sindicatos de petroleiros, junto com a CUT, UNE, MST, OAB/RJ e várias outras entidades dos movimentos sociais, realizam um grande ato público na próxima quinta-feira (21)por uma nova legislação para o setor petróleo e em defesa da Petrobrás. A manifestação pretende reunir centenas de militantes no centro do Rio de Janeiro para uma passeata que sairá da Praça da Candelária, em direção ao edifício sede da Petrobrás, na Avenida Chile, onde os manifestantes farão um abraço simbólico do prédio. A concentração está prevista para ter início às 09 horas, na Candelária.

O ato público reforçará a urgência de uma nova legislação para garantir o controle estatal e social sobre as reservas brasileiras de petróleo e gás, além de defender a Petrobrás dos ataques tucanos contra a soberania nacional. Enquanto o PSDB arma uma CPI para desestabilizar a empresa que representa a maior fonte de investimentos do país, as multinacionais avançam sobre o pré-sal, intensificando os projetos exploratórios sobre a maior reserva petrolífera descoberta no mundo nos últimos anos.

Não por acaso, essa CPI armada pelo PSDB surge no momento em que o governo e a sociedade discutem mudanças na Lei do Petróleo, uma das piores heranças deixadas pelos tucanos. A descoberta do pré-sal trouxe à tona a urgência de novas regras para o setor, que foi totalmente desregulamentado nos anos 90, quando o PSDB entregou às multinacionais a exploração do nosso petróleo e gás. Os tucanos e demais setores conservadores da política nacional não querem que a Petrobrás nem o Estado brasileiro voltem a controlar esse patrimônio tão estratégico para o Brasil.

Os movimentos sociais estão mobilizados e não permitirão que a oposição atrase o desenvolvimento do país, tentando paralisar a Petrobrás ou impedindo mudanças na legislação do setor. Todos ao ato de quinta-feira, em defesa da soberania nacional! Parar a Petrobrás é parar o Brasil! Os brasileiros reagirão contra essa manobra antinacionalista dos tucanos!

CUT

Ô Pedim Voltou ô ô ô ô ô. Ô Pedim Voltou ô ô ô ô ô.

O prefeito de Acaraú Pedim do Cleto do PT voltou ao cargo. O recurso que solicitava seu retorno ao cargo foi dado entrada pelos advogados do prefeito junto ao TRE. O juíz Emanuel Leite acatou e Pedim voltou. Se faz justiça com a vontade do povo e a democracia. As acusações infundadas que o juíz local acatou não tem nenhuma consistência ou fundamento como já comentamos nesta blog.

PT solidário com prefeito de Acaraú

O PT se solidariza ao prefeito Pedro Fonteles e ao povo de Acaraú









Ontem, 19/05, alguns meios de comunicação publicaram que o prefeito de Acaraú, Pedro Fonteles dos Santos (PT), mais conhecido como Pedim do Cleto, foi acusado de distribuir camisetas como propaganda eleitoral em sua campanha, ação proibida pela Lei Nº 9.504/97.

O PT se solidariza ao prefeito Pedro Fonteles e ao povo de Acaraú. O presidente do partido, Ilário Marques, vem acompanhando de perto este caso e garante a inocência do gestor, haja vista que sua campanha foi realizada com a militância na rua e participação ativa.

O Partido dos Trabalhadores do Ceará está recorrendo e solicitando uma medida cautelar para que o prefeito possa assumir o seu legítimo mandato, enquanto o tribunal aprecia o caso. O PT confia na justiça, que deverá julgar nas últimas horas este caso e inocentar o prefeito de Acaraú, Pedro Fonteles.

Fonte: Assessoria de Comunicação do PT-CE