quinta-feira, 30 de abril de 2009

Lula reage as mentiras do PPS.













Lula: insinuações sobre poupança são insanas, mentirosas e irresponsáveis

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta quinta-feira (30) as insinuações de que o governo mexeria na Caderneta de Poupança, prejudicando os aplicadores. Ele classificou os ataques de insanos, mentirosos e irresponsáveis.

"Fico preocupado quando as pessoas começam a brincar com a economia. Teve um partido que teve uma atitude insana, mentirosa, irresponsabilidade total, de dizer que o governo brasileiro iria mexer na poupança. O que essas pessoas não entendem é que o povo brasileiro me conhece, sabe do meu comportamento, sabe que eu não iria tomar nenhuma medida que prejudicasse", disse Lula.

Lula se referiu a propaganda do PPS. No programa eleitoral, o deputado Raul Jungmann (PPS-PE) afirma: “O governo vai mexer na poupança como fez o governo Collor”.

Lula evitou falar se alguma decisão já foi tomada. "Não discuto essas coisas. A equipe econômica vai discutir no momento que tiver que discutir. Aprendi com Ulysses Guimarães que de economia a gente não fala, porque se a gente falar, atrapalha. Mesmo que seja uma coisa boa."Mais cedo, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, também abordou o assunto. Disse que a mudança na remuneração da poupança "não será feita da noite para o dia" e, como já garantido pelo presidente Lula, não prejudicará a população."O que vai mudar? Se tivéssemos solução, já teríamos anunciado. Não vamos fazer nada da noite para o dia.

Não estamos fazendo escondido. Ninguém quer mexer na poupança como disse aquela propaganda mau caráter que teve na televisão. Faremos tudo de forma transparente", disse o ministro.As declarações de Lula foram feitas diante de mil operários da CSA, em Santa Cruz, zona oeste do Rio, onde ele entregou o crachá funcional de número 30.000 para um funcionário recém-admitido. O complexo siderúrgico da CSA recebeu financiamento do BNDES de R$ 1,49 bilhão. O grupo tem duas obras previstas no PAC.

Do site:www.pt.org.br

Progressão dos(as) professores(as). Governo do Estado pagará 10 meses


Nelson informa que Governo pagará 10 meses de progressão dos professores



Em seu pronunciamento desta quarta-feira, o Deputado destacou o pagamento da progressão funcional aos professores.
O líder do Governo na Assembléia Legislativa, deputado Nelson Martins (PT), afirmou, em pronunciamento feito na sessão desta quarta-feira (29/04), que o Governo do Estado encaminhará mensagem determinando o pagamento da progressão funcional aos professores, retroativo ao mês de setembro do ano passado e até junho deste ano.
Segundo Nelson Martins, a idéia é de que, até junho, Governo e professores cheguem a um acordo definitivo sobre o pagamento da progressão. O parlamentar ressaltou que, a princípio, esperava-se que o assunto estivesse resolvido até o final do mês passado. No entanto, em razão dos estudos serem muito complexos, ainda não foram concluídos.
Por conta disso, explicou Nelson, o Governo resolveu encaminhar logo essa mensagem, para resolver a questão pelo menos relativa a esses 10 meses, de setembro de 2008 a junho deste ano. “O pagamento será feito na forma de adiantamento e por ocasião da discussão do plano de cargos e carreiras e da implantação do piso salarial será incluída a progressão funcional”, disse. O deputado explicou ainda que a progressão, pela lei, só deve ser paga a cerca de 60% dos professores.
Em seu pronunciamento, Nelson Martins anunciou ainda que também será encaminhada à Assembléia mensagem criando os conselhos deliberativos da Região Metropolitana de Fortaleza e Região Metropolitana do Cariri para que haja condições da realização de consórcios entre os municípios. Um dos objetivos do consórcio é a implantação do Hospital Regional do Cariri.
Nelson colocou ainda que, no próximo dia 3 de maio, o governador Cid Gomes estará inaugurando a obra do Aeroporto de Tauá e, no mesmo dia, assinará ordens de serviço para a construção da policlínica de Tauá, do laboratório central e do Parque de Energia Solar.
do site:www.nelsonmartins.com.br

1º de Maio na Ilha Rebelde .

Uma comitiva de militantes da esquerda cearense passará o Dia do Trabalhador em Cuba. Na caravana estão presentes entre outros (os) o presidente estadual do PT- Ceará Ilário Marques e o secretário de Formação do partido Antonio Ibiapino. Os militantes socialistas participarão do ato de 1º de Maio em Havana além de outros eventos de solidariedade a Cuba durante oito dias. Há uma expectativa de que o comanadnte Fidel apareça em público.

1º de Maio.Deputado Federal Eudes Xavier é categórico: Os trabalhadores não podem pagar pela críse do que o capitalismo

Eudes não quer trabalhador penalizado pela falência do capitalismo










“A classe trabalhadora tem um importante papel a cumprir: garantir através da mobilização, os empregos, a renda e todos os direitos conquistados“.

A declaração é do deputado federal Eudes Xavier (PT-CE), único representante da categoria dos comerciários no Congresso Nacional. Para ele, a crise que vem sacudindo as grandes economias não pode justificar a onda de demissões que ocorre em todo mundo. “Os bilhões lucrados às custas do nosso sangue já não se avolumam com tanta rapidez. E não é o trabalhador que tem que pagar essa conta.

Pelo contrário. Construímos a riqueza dos grandes grupos que hoje estão à beira da falência. Não é justo que, mais uma vez, sejamos penalizados “, reclama o deputado do Partido dos Trabalhadores. Para Eudes Xavier é preciso se manter mobilizado, cobrando medidas capazes de amenizar os efeitos da crise, garantindo os inúmeros postos de trabalho por todo o Brasil. Com mobilização, diz o deputado, é possível se alterar qualquer quadro desfavorável. A regulamentação do comércio de Fortaleza aos domingos, recentemente sancionada pela prefeita Luizianne Lins, lembra o parlamentar, é um bom exemplo de luta da classe trabalhadora. “Essa era uma reivindicação histórica e, graças ao engajamento dos trabalhadores, finalmente foi alcançada com o empenho da prefeita, que sempre defendeu essa luta“, ressalta Eudes. O deputado lembra ainda que com essa regulamentação a abertura do comércio aos domingos só poderá ocorrer após a celebração de acordo entre as partes.

Energia Brasil. Dilma anuncia início da exploração de petróleo na camada de pré-sal




A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, anunciam nesta quinta-feira (30) o início da produção de petróleo no campo Tupi, maior jazida descoberta pela Companhia no país, com reservas estimadas entre 5 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente (petróleo e gás).

Participam do anúncio o presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, e o diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrella.

O início da extração está previsto para amanhã (1º de Maio, Dia do Trabalhador), em cerimônia no Rio de Janeiro com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, Lula pode anunciar a criação uma estatal ou autarquia para explorar a camada do pré-sal. O modelo de exploração é discutido por várias autoridades do governo desde o ano passado.

De acordo com informações publicadas na imprensa, ainda restam algumas dúvidas sobre o modelo — uma das questões sem definição é de que modo seria feita a capitalização da Petrobras. A Petrobras descobriu a região pré-sal em 2007, uma faixa de 800 km que se estende do Espírito Santo a Santa Catarina e que pode conter reservas de 100 bilhões de barris de óleo equivalente. Somente com as reservas já conhecidas de apenas dois campos, o Brasil dobraria as reservas atuais.


Do site:www.pt.org.br

Romário jogará no América do Rio de Janeiro.




















Emocionado Romário foi apresentado no simpático América carioca. Realizando um sonho do seu pai o craque Romário chorou emocionado por envergar a camisa Rubra do América e disse que o "time rubro não é coitadinho". Boa sorte para o America e para o Romário.

Matando a saudade. Noturno na voz de Raimundo Fagner

Mais uma homenagem ao santo dos oprimidos, dos pobres e dos injustiçados. Dom Helder Câmara

Em louvável homenagem no Senado Federal com direito a discurso do mega-empresário e senador cearense Tasso Jereissati se referindo inclusive aos direitos humanos, a igualdade e a justiça; foi realizada hoje em Brasília uma sessão dedicada a Dom Helder Câmara. Mais uma vez nossa homenagem ao ilustre religioso. Santo dos pobres, dos torturados, dos oprimidos e da luta contra a opressão. Dom Helder foi uma daquelas pessoas que estavam convictas que "amar é odiar as injustiças".
Para aqueles que ainda não praticam a opção preferencial pelos pobres e os ensinamentos verdadeiros do cristianismo que abomina a exploração de um ser humano por outro e mesmo assim acham que estão "cumprindo seu maldito dever, defendendo seu amor e nossas vidas", oremos como o mestre nos ensinou.

“Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem".

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Emir Sader: A débâcle do jornal 'Folha de S.Paulo'

A Folha era um jornal totalmente inexpressivo até a década de 70. Havia uma supremacia clara do Estadão, a Folha não tinha cara definida. Participou do coro de conclamação de toda a imprensa brasileira – menos a Ultima Hora - ao golpe militar de 1964, contribuindo à construção do plano de desestabilização do governo legitimamente eleito que teve a participação direta do governo dos EUA, assim como da hierarquia da Igreja Católica, dos partidos de oposição e das grandes entidades empresariais.

Por Emir Sader

Uma vez dado o golpe, o apoiou, assim como a instalação da ditadura militar, acobertou todos os crimes da repressão, reproduzindo as mentirosas versões oficiais, assim como todos os outros jornais.
Nos anos 70, Claudio Abramo assumiu a direção do jornal, na tentativa da família Frias de conquistar graus de credibilidade, que o jornal nunca tinha tido. A nova orientação, valendo-se da hegemonia da orientação liberal que triunfava na oposição, levou o jornal a ganhar uma identidade de jornal democrático, pluralista.
A abertura gradual de espaços opositores, depois da derrota da resistência armada, e o caráter conservador do Estadão, possibilitaram a aparição de um espaço que a FSP soube aproveitar.
A imagem da FSP como expressão da “sociedade civil” ficou graficada nas fotos que o jornal fazia anualmente com representantes dela, que eram fotografados em cima do prédio do jornal, pretendendo consolidar a marca do jornal como representante orgânico da sociedade civil, espaço opositor ao regime. Colunistas progressistas se somavam a espaços para artigos na pagina 3 de intelectuais e dirigentes opositores consolidaram essa imagem do jornal. A campanha pelas eleições diretas teve no jornal seu instrumento mais direto, enquanto as lutas sociais encontravam cobertura antes restrita à imprensa alternativa.
Essa imagem se consolidou e se prolongou mais além da direção de Claudio Abramo. Ao longo da década de 80 o jornal se beneficiou dessa imagem, que se firmou quando o jornal se colocou na oposição ao governo Collor, diferenciando-se do resto dos jornais. Foi o seu momento de maior prestígio e de maior tiragem. Dos seus leitores vinculados a partidos, a maioria era do PT. Tinha colunistas, às segundas-feiras, como Marilena Chaui, Florestan Fernandes, Paulo Sergio Pinheiro, Darcy Ribeiro, abrigava outros intelectuais de esquerda na sua página 3, dava cobertura jornalística que o diferenciava claramente do Estadão e do Globo.
O declínio da FSP veio com a ascensão de FHC ao Ministério de Economia do governo de Itamar e com o lançamento do Plano Real. Nesse momento o jornal já era dirigido por Otavio Frias Filho, acompanhando o mesmo mecanismo de oligarquia familiar que se dá no Globo, na Editora Abril, no Estadão. A combinação desses fatores apontou para a decadência irreversível do jornal desde o governo FHC, consolidando-se no governo Lula.
A identificação com a elite branca dos jardins paulistanos – em que coincide rigorosamente com a elite tucana – foi fazendo do jornal um componente essencial da nova direita brasileira. Neoliberal na economia, liberal com os traços autoritários e discriminatórios no social e no político, pretensamente sofisticado, mas na verdade provinciano no plano cultural.
A adesão expressa ao tucanato fez com que o jornal baixasse de mais de 600 mil exemplares de tiragem, a menos de 300 mil em 10 anos, com uma queda que não se detêm – apesar do esforço desesperado do apelo aos brindes. Além de que o publico do jornal ficou muito seletivo – centralmente tucanos e classe média alta e burguesia.
A adesão aos tucanos e a feroz e obscurantista oposição ao governo Lula fez com que o jornalismo perdesse toda qualidade. Tudo passou a ser editorializado no jornal. Todos os colunistas – à exceção de José Simão – passaram a ser iguais. O jornal chegou a cobrir as eleições internas do PT sob a rubrica do “mensalão”, a grande sacada jornalística do jornal, com que acreditou que derrubaria a Lula. Na sua histeria chegou a publicar na primeira página o artigo de um suposto psicanalista, que dizia que o governo Lula tinha assassinado a mais de 100 pessoas no acidente da Tam em Congonhas.
Houve uma radical perda de credibilidade da FSP, que era seu diferencial, tornando-se um jornal tucano e serrista, que editorializa todo o jornal, revelando uma incapacidade para compreender o governo Lula e sua imensa popularidade, assim como as transformações que o país vive. (O Força Serra Presidente é uma sacada muito real para caracterizar o tucanalhanato de todo o jornal, em particular da editoria política e dos cronistas políticos, assim como da família proprietária da empresa.) Alguns cronistas tentam enganar que fazem criticas de esquerda ao governo, mas não conseguem esconder suas penugens tucanas.
Intelectuais de esquerda são entrevistados a cada tanto tempo ou se lhes dá espaço de artigo, contanto que se reservem a criticar o governo e o PT, sem qualquer critica à direita, menos ainda ao monopólio de imprensa da direita.
O FSP (Força Serra Presidente) revela que vai jogar ainda mais pesado na campanha presidencial, em que seu candidato e eterno colunista será o candidato da direita. O episódio da “ditabranda” e o da publicação de uma ficha falsa da Dilma, retirada de um site de extrema direita, de ex-oficiais das FFAA a favor da ditadura, confirmam isso. A perda de assinaturas e de tiragem do jornal os exaspera, a crise econômica vai chegar em cheio a toda a imprensa escrita – já chegou à Editora Abril, salva por enquanto por Serra com a compra dos fascículos -, que tira muito menos do que dizem e se dão conta que vai minguando cada vez mais também as publicidades.
É o episódio final, sem pena nem glória, de uma imprensa que chancelou o golpe e a ditadura militar, foi o sustento central do governo FHC, foi derrotada duas vezes por Lula e se desespera com a hipótese de ter que ficar na oposição outro período mais. Nunca confessou, mas confirmou com o silêncio, ter emprestado carros da empresa para a repressão da ditadura. (Como se sentem supostos esquerdistas que trabalhar lá diante disso? Nem se pronunciaram sobre a “ditabranda”, revelando que já não lhes sobra nada de caráter, que estão plenamente comprometidos com a empresa, à qual muitos emprestam seus nomes para constar no comitê editorial.)
O filho do proprietário original é eleito e reeleito como editor chefe do jornal, reproduzindo o mecanismo de uma empresa de oligarquia familiar. Ele só ocupa esse cargo, porque é filho do seu pai, como seu nome indica. Nenhum outro mérito, salvo membro a segunda geração de uma empresa familiar. Nenhuma democracia rege na redação do jornal. O consolo é que, ainda que tivesse filho, não poderia colocar a sucedê-lo, porque é a ultima geração dessa imprensa escrita no Brasil.

Fonte: Blog do Emir

Tasso: "herói dos sertões, dos patrões ou dos ares”?




Repressão aos trabalhadores rurais sem terra na Bezerra de Menezes, falência da agricultura do interior, sucateamento da UECE, abandono da educação básica, quebradeira do BEC, privatização da Coelce, apoio irrestrito ao governo FHC que quase acaba com o Brasil, desmonte do serviço público, demissão de servidores dentre outras ações, foram às conseqüências do mudancismo no Ceará. Sem falarmos no aumento vertiginoso no crescimento do patrimônio do empresário-senador após sua ascensão política em 1986. Sobre a tática de “ajuda” atribuída à gestão de Luizianne na capital que teria sido declinada por algumas lideranças tucanas, espero que continue assim. As conseqüências tem sido excelentes para o povo cearense. As sucessivas derrotas que o senador tucano vem sofrendo são vitórias do nosso povo. Em 2006 seus candidatos ao governo e ao senado perderam, em 2004 e 2008 seus candidatos à prefeitura de Fortaleza sofreram fragorosas derrotas. Só lembrando em 2008 Luizianne com todo o ataque dos neoliberais tassistas e seus porta-vozes foi reeleita no primeiro turno. “Nosso herói ”não se contentou e lançou duas candidaturas para prefeitura de Fortaleza (uma senadora e um ex- vice-governador) que perderam já no primeiro turno para a prefeita Luizianne Lins. Se os tucanos continuarem assim, realmente estarão dando uma grande contribuição ao povo cearense. Que progressivamente vem dando passos importantes para virar a triste página do neoliberalismo cearense representados por Tasso e todo tucanato privatista que governou o Estado por vinte anos.

Nossa homenagem a classe operária. Viva a solidariedade internacional entre os povos.

Movimentos sociais repudiam onda conservadora no Pará


Nos últimos dez dias, o Pará e o Brasil têm sido notícia na imprensa, nacional e internacional, devido aos conflitos no campo, em especial aos recentes acontecimentos onde cerca de dez pessoas ficaram feridas no confronto entre trabalhadores rurais e jagunços da fazenda Santa Bárbara, que tem como sócio o banqueiro Daniel Dantas. A representante dos latifundiários no Senado, Kátia Abreu (DEM-TO) chegou a pedir intervenção no Pará. Os movimentos sociais repudiam a onda conservadora.

O clima na região é tenso, pois os sem-terra estão acampados na Fazenda Espírito Santo, a 35 quilômetros da fazenda Santa Bárbara, com presença de seguranças contratados por latifundiários da região. Para apimentar mais os acontecimentos, a senadora Kátia Abreu, representando interesses dos grandes latifundiários do país, pede intervenção federal no Pará, para, segundo ela, reintegrar 111 propriedades.

A grande questão é que atualmente existe, por parte dos setores conservadores do país, uma tentativa de criminalizar os movimentos sociais no Brasil, ao mesmo tempo que busca desgastar governos democráticos como o de Lula e de Ana Júlia. Governos estes eleitos legitimamente em repúdio ao projeto conservador que era implementado no Brasil e no Pará, apoiados por grandes banqueiros e latifundiários.

Buscando combater as atitudes desses setores que buscam retomar seus projetos de saque das riquezas do Brasil e do Pará, os movimentos sociais lançaram uma nota pública denunciando toda essa situação.

Segue abaixo a nota dos movimentos sociais:

Nova onda conservadora contra os movimentos sociais

Uma nova onda conservadora, de tentativa de criminalização dos movimentos sociais, volta a se manifestar no Brasil e no Pará. As viúvas dos neoliberais, sequiosas pela volta de um projeto antidemocrático para governar o Brasil e o Pará tiveram a ousadia de propor, junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) a intervenção no Governo do Estado do Pará.

O governo de Ana Júlia é um governo legitimamente eleito, fruto de um processo democrático, sintonizado com o projeto popular coordenado atualmente pelo presidente Lula. Diferente dos governos tucanos, apoiados pelo DEM, partido da Senadora Kátia Abreu, o governo atual mantém um canal de diálogo com todos os movimentos sociais e tem um entendimento novo sobre a questão dos direitos humanos. Comungamos da opinião de que o problema fundiário na Amazônia e no Pará é complexo e que não deve ser tratado como caso de polícia.

A Constituição Federal, ao mesmo tempo, que assegura aos brasileiros o direito de propriedade, assegura também de que esta propriedade sirva a uma função social. Só daremos resposta aos graves problemas sociais que ainda enfrentamos na medida em que haja desenvolvimento com a valorização do trabalho, que milhões sejam efetivamente integrados à produção e através de uma reforma agrária antilatifundiária e justa.

A crise do capitalismo que atinge o mundo, fruto da cobiça do sistema financeiro, não será paga pelo povo brasileiro e paraense, em particular os trabalhadores. Exige sim, respostas avançadas que atendam aos setores produtivos com investimento na infra-estrutura, fortalecimento do mercado interno, que gera emprego e renda, e que garanta os direitos sociais.

Neste sentido, as diversas organizações de trabalhadores, moradores, jovens, estudantes, acadêmicos e outras vêm manifestar o seu repúdio à proposta de intervenção em nosso Estado. O povo paraense, herdeiro da Cabanagem, dirige o seu destino. Aqui tem governo e tem povo que sabe o que quer.

Não à intervenção no Estado do Pará
Não à criminalização dos movimentos sociais
Por um projeto de desenvolvimento com valorização do trabalho

ALESSA – Associação de Livre Expressão de Ananindeua
ANEPS- Articulação Nacional de Movimentos e Pratica de Educação Popular e Saúde
AGALT AMAZON – Associação de Gays e Lésbicas
AGRAS – Associação dos Graduados
em Filosofia
APOLO – Grupo pela Livre Orientação Sexual
AMOR – Associação Movimento Regae Afro Cultural
AMJB- Associação de Moradores do Jardim Brasil
CONSELHO MUNICIPAL DO NEGRO BELÉM
CONSELHO COMUNITARIO DO GUAMÁ
CONAM- Confederação nacional das Associações de Moradores
CTB – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil
CUT – Central Única dos Trabalhadores
COR- Cidadania Orgulho e Respeito
DIAMANTE NEGRO
FEDERAÇÃO ESPIRITA UBANDISTA DE CULTOS AFRO BRASILEIRO DO PARÁ
FESAT - Federação Estadual de Atores, Autores e Técnicos de Teatro
FORUM ESTADUAL DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA
FEMECAM- Federação Metropolitana de Centro Comunitário e Associação de Moradores
FMAP- Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense
FPSANS- Fórum Paraense de Segurança Alimentar Nutricional e Saúde
GRUPO IGUALDADE E RESPEITO
Grupo IDEM Igualdade para Todos
GHC- Grupo Homossexual de Castanhal
GHI- Grupo de Homossexuais de Igarapé-Miri
GHP- Grupo Homossexual do Pará
INSTITUO NANGETU
MHB – Movimento Homossexual de Belém
MHM- Movimento Homossexual de Marabá
MNLN- Movimento Nacional de Luta pela Moradia
Movimento GLTTB da UFPA Orquídeas
MORHAN- Movimento de Proteção a Pessoas Atingidas Pela Hanseníase
MOCAMBO
NCST- Nova Centra Sindical dos Trabalhadores
SDDH – Sociedade Paraense de Defesa aos Direitos Humanos
STIUPA- Sindicato dos Urbanitários do Pará
SINDICATO DOS BANCARIOS DO ESTADO DO PARÁ E AMAPÁ
SEPUB- Sindicato dos Servidores Público e Civis do estado do Pará
SINDSAUDE- Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública do Estado do Pará
SINDPREVS- Sindicato dos Trabalhadores da Previdência Social do Ministério da Saúde
SINDELPA- Sindicato dos Eletricitários do Estado do Pará
SINDFORTE- Sindicato dos Trabalhadores Transporte de Valores e Escolta Armada
SODIREITOS- Sociedade de Defesa dos Direitos Sexuais na Amazônia
OPINIO IURIS
UGT- União Geral dos Trabalhadores
UBM- União Brasileira de Mulheres
UBES- União Brasileira dos Estudantes Secundaristas
UMES- União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas
UNE- União Nacional dos Estudantes
UAP- União Acadêmica Paraense
UJS- União da Juventude Socialista
UECSP- União dos Estudantes Secundaristas do Pará
UNEGRO- União dos Negros pela Liberdade

Do site: www.pt.org.br com informações do site Vermelho

1º de Maio. Lutas e festa. Niguém é de ferro. Viva a classe tabalhadora.
















1º de Maio - CUT promove ato e show em defesa do emprego e renda do trabalhador
Ato político e show com o cantor Moraes Moreira, na Praça do Ferreira, a partir das 15 horas. Participe!

A Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT/CE) mantendo a tradição anual, realizará no dia 1º de maio um mega evento para comemorar o Dia Internacional do Trabalhador e espera reunir em Fortaleza milhares de pessoas na Praça do Ferreira. IMPRIMIR PÁGINA INDICAR ERRO
A comemoração, prevista para acontecer a partir das 15 horas, irá contar com shows musicais com o cantor Moraes Moreira, além de atrações locais e terá a participação de representantes dos sindicatos e federações filiados à CUT e representantes dos movimentos sociais e populares.
Segundo o presidente da CUT/CE, Jerônimo do Nascimento, em meio a um cenário de crise econômica mundial, a CUT está defendendo a ratificação das Convenções 151 e 158da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Caso aprovadas pelo Congresso Nacional, as ratificações poderiam garantir aos trabalhadores, o fim das demissões sem justa causa, auxiliando a aceleração da economia e abrir as negociações no setor público. Outra reivindicação da entidade é o corte drástico das taxas de juros, que teria como conseqüência o direcionamento dos recursos.
De acordo com Jerônimo, entre as bandeiras de lutas a serem apresentadas neste 1º de Maio estão ainda a redução da jornada de trabalho sem redução de salário, a reforma agrária e urbana, e o fortalecimento da agricultura familiar, com investimentos em áreas sociais e a valorização dos serviços e dos servidores públicos.
"O nosso objetivo é realizar uma grande manifestação em defesa do emprego e da renda dos trabalhadores, levantando as bandeiras do desenvolvimento, da justiça e da solidariedade, contra os que transformaram a economia do planeta em um gigantesco cassino financeiro", destacou o presidente da CUT/CE.
Do site: www.cut.org.br

Se alguém já disse não sei. Se disse repito. Se não, digo.
"A ousadia é a mãe de todas as vitórias"
Viva a classe trabalhadora. Viva o 1º de Maio
Antonio Carlos

terça-feira, 28 de abril de 2009

Nordeste em alerta

Salvador tem primeiro caso suspeito de gripe suína

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia confirmou nesta terça-feira a existência de um caso suspeito de gripe suína em Salvador. O brasileiro Alexandre Magno, 40 anos, desembarcou na segunda-feira de um vôo proveniente de Miami, nos Estados Unidos, com os sintomas da doença.
De acordo com informações da secretaria, Magno foi internado no Hospital Otávio Manganeira, em Salvador, com dores no corpo, febre e tosse. Ele está sob observação e passará por exames que podem confirmar se Magno possui ou não a doença.
Com isso, chegam a 12 os casos suspeitos em todo o País. Ontem, o Ministério da Saúde já havia confirmado três suspeitas em Minas Gerais, duas no Rio de Janeiro, duas no Amazonas, duas no Rio Grande do Norte, uma em São Paulo e uma no Pará. Todos os casos referiam-se a viajantes procedentes de áreas afetadas que apresentaram sintomas clínicos semelhantes ao da gripe suína.
Também na segunda-feira, a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo descartou, em nota, o diagnóstico de gripe suína para um segundo paciente que estava internado no Hospital Emílio Ribas, na capital. Os exames realizados comprovaram que ele tinha sinusite.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) elevou o elevou o nível de alerta da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional da atual fase três para a fase quatro, em uma escala que vai de zero a seis. A decisão foi baseada principalmente em dados epidemiológicos, evidenciando a transmissão pessoa a pessoa e a capacidade do vírus de causar surtos comunitários.
As primeiras ocorrências da gripe suína foram registradas no México. Os Estados Unidos, o Canadá, a Espanha e o Reino Unido também já têm casos confirmados. Somente no México, já foram confirmadas pelo menos 20 mortes pelo vírus. Os casos de mortes suspeitas chegam a 152.

Do site:www.terra.com.br

No caminho certo. Parabéns PT-Fortaleza pelo grande seminário sobre o Modo Petista de Governar

De parabéns o PT Fortaleza que realizou no último final de semana (24 e 25 de abril) um excelente seminário sobre o modo petista de governar na capital. Estive presente em alguns momentos e presenciei debates de alto nível marcado por críticas, sugestões, elogios e encaminhamentos importantes para consolidação do projeto do PT na capital.
Tudo dentro de um clima de muita democracia e participação. As críticas sinceras e verdadeiramente construtivas são mais que importantes. Não me refiro a crítica pela crítica, advinda de uma visão preconcebida ou quando parte de uma clara intenção desestabilizadora por parte da oposição. Sou participe da idéia que os elogios quando sinceros são tão necessários e importantes quanto às críticas. Principalmente quando as ações positivas que vem resgatando a cidadania dos (as) fortalezenses sobretudos os mais sensíveis a exclusão gerada pelo capitalismo são pouco ou quase nunca divulgadas por pela grande mídia. Quando são, é evidente que não estão na mesma proporção que as espetaculosas “denúncias”, quase sempre infundadas, questões relativas à vida particular dos atores políticos, buracos inevitáveis com um inverno da monta do que vivenciamos,o pneu furado do trenzinho da beira mar, a crítica elitista e reacionária a grande confraternização e celebração a paz que se tornou o Réveillon da nossa cidade dentre outros.
Se os partidos de esquerda e seus aliados sociais históricos que governam várias cidades enfrentando interesses arraigados secularmente não puderem reconhecerem e propagandearem na sua integridade os avanços e ações da suas gestões sobre o risco de serem acusados de "puxasaquismo" e "bajulação" (aliás temos de muito mau gosto), quem fará? Esperar pela benevolência da grande mídia em cumprir a sua esquecida já a um bom tempo função social? Está agindo mais que corretamente o PT-Fortaleza, cometeria um erro gravíssimo se não agisse como agiu. Podem acusar o PT de muita coisa, muitas vezes e na maioria delas injustamente. Mas não podem o acusar nunca de que em seu seio qualquer homem ou mulher independente da sua condição social não possa falar livremente o que pensa. Se o Seminário apontou um balanço positivo das ações do governo de Fortaleza, quem não conhece o PT pode ficar sabendo é porque assim pensou e se expressou a maioria absoluta dos presentes, fossem secretários, prefeita, vereadores, dirigentes ou o mais simples e humilde filiado.
Repito o balanço das ações de qualquer governo pelos partidos que o compõe com as críticas necessárias e cabíveis como as ali colocadas é algo legitimo e democrático. O debate idéias é o sangue que da vida ao PT.
Não será a grande mídia (com raríssimas exceções) em sua imparcialidade e neutralidade que fará a divulgação como deveria ser de importantes ações realizadas por governos progressistas. Observo muitas vezes o contrário, algumas ações de importantíssimo alcance social são minimizadas e às vezes até ironizadas, como o programa do Governo Federal Bolsa Família. Pelo menos tem sido assim o funcionamento de boa parte do que chamamos de grande mídia.
Parece que uma voz não identificada sempre orienta que o bom jornalismo é aquele que tem como lema: “o que é bom é obrigação e não precisa ser divulgado o que é “polêmico”, intriga, problema, tragédia, possível irregularidade, falsas disputas devem ser potencializadas e divulgadas exaustivamente”. É como se houvesse uma lógica invisível de insistir que “boatos se transformem em fatos”.
Não me venham meus colegas progressistas do ramo dizer: “que estão cumprindo o seu papel”. É um erro crermos e naturalizarmos que de ao “agirem assim” estão/estamos cumprindo o(nosso) seu papel. Que papel? A função social dos meios de comunicação, estão bem claras nos marcos legais que a regulam e a protege da censura e da perseguição por liberdade de opinião.
Só não me venham com o debate falso em que alguns se escondem invertendo a importantíssima conquista democrática expressa na liberdade de imprensa, para justificar que tudo pode ser tido por mais absurdo que seja sem nenhuma contestação, por mínima que seja. Argüindo a liberdade de imprensa para não se arcar com as conseqüências por informações equivocadas, deturpadas e levianas. Em qualquer setor social e na imprensa na seria diferente tudo que se diz têm conseqüências. Ninguém em uma democracia, nenhuma instituição inclusive a imprensa pode mentir, deturpar os fatos, acusar injustamente quem quer que seja e achar que não deva arcar com as conseqüências dos seus erros. É obvio que a liberdade de imprensa é sagrada como a liberdade de falar o que pensa de qualquer cidadão ou cidadã. Ambos não podem ser tolhidos no seu direito a voz. Ambos, democrática e legitimamente também são passiveis as reações as suas interpretações e opiniões. Isso é a essência da democracia. Se as informações são inverídicas, falsas, jogou na lama o nome e a imagem de alguém, instituição ou cidadão nenhum estará acima das leis ou deixará de responder pela quebra das regras democráticas. Nenhum cidadão ou instituição pública ou privada em uma democracia verdadeira está na condição de inimputável ao ferir as regras de convívio social sintetizadas nas leis que regem a vida societária.
A entrega de 20 ambulâncias para o SAMU, a construção de um conjunto maior que a nova cidade de Juaguaribara, com famílias já sendo transferidas no conjunto Rosalina (1861 unidades habitacionais), 10 novos ônibus para o transporte escolar, o fechamento de vários anexos, a merenda escolar de qualidade e sem roubo, o maior reajuste dos servidores públicos do Brasil, o esporte e lazer nas praças da cidade, o terceiro turno em vários postos de saúde da cidade, mais de 12 mil crianças transportadas de forma inédita para escola na outrora sucateada CTC, desprivatização do 6º andar do Ijf, limpeza e urbanização das lagoas, resgate do nosso carnaval de rua, Centro de referência da mulher, o Cuca da Barra do Ceará(já praticamente pronto), o Hospital da Mulher em construção, o pré-carnaval dentre outras coisas raramente ganham mais que ¼ de páginas nos jornais ou alguns segundos nos noticiários radiofônicos e televisivos. Com o argumento correto de que isso não é mais que a obrigação dos gestores. Obrigação para a esquerda, para direita qualquer ponta de rua asfaltada ganha contornos cinematográficos.Ações importantes, às vezes simples mas com grandiosos resultados sociais são raramente divulgadas. Quando são estão longe da proporção merecida se comparadas as “pautas quentes” e “que vendem”, mesmo se artificiais e inconsistentes.
Esquecem de dizer por outro lado que essas “obrigações” não foram feitas anteriormente (se tivessem estaríamos vivenciando seus resultados) por aqueles que antecederam as atuais gestões petistas na capital e eram escolhidos corriqueiramente por pesquisas insuspeitas como os melhores gestores do Brasil. Lembram a pompa e circunstancia que foram dispensadas pela grande mídia a esses feitos, principalmente quando alcançados pelos representantes das elites.
Os “melhores gestores” municipais de ontem, foram “tão bons” que propiciaram ao presente uma cidade apartada socialmente, desigual com uma brutal concentração de renda.
Em relação à solidariedade prestada à prefeita por companheiros do seu partido por ter superado um problema de saúde recentemente, acho legitimo, humanamente correto e não vejo nenhuma conotação de bajulação ou “puxasaquismo”.
As homenagens, títulos, premiações sinceras ou não (muitas são forjadas) aos membros das elites que acontecem todos os dias, recebem rasgados elogios que são divulgados desproporcionalmente ao seu valor por parte da grande mídia, que reproduzem desta forma a ideologia elitista, patrimonialista, que marca nossa atrasada burguesia. Quando agem assim está valorizando a ostentação aristocrática patética e intempestiva sem por isso lermos uma linha ou escutarmos uma voz sequer chamado-as de “bajulação” ou “puxasaquismo”. Para as “altas paneladas”¹ da sociedade e suas personalidades as homenagens são uma grande festa e um momento sublime de reconhecimento dos seus trabalhos para “o desenvolvimento da cidade,do Estado e da nação”. Mesmo que à custa do suor e do sangue de quem trabalha. Para as pessoas não advindas das camadas abastardas ou do seio das elites qualquer deferência ou homenagem por mais singelas que sejam são logo tratadas como “bajulação” ou "puxasaquismo". Já pensou!

Antonio Carlos de Freitas Souza
Secretário Geral do PT-Ceará
Professor e radialista


1. Termo usado pelo humorista e cantor Falcão para designar a Burguesia local na composição um bodegueiro na Fiec no disco Lindo, bonito e joiado.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Em Manaus (AM) Lula reafirma apoio a Dilma








Em entrevista à imprensa nesta segunda (27) em Manaus (AM), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a afirmar que a ministra da Casa Civil Dilma Rousseff é sua candidata à Presidência da República. Ele enfatizou que essa é uma posição pessoal e caberá ao PT definir a questão. Quanto ao problema de saúde da ministra - ela vai se submeter a um tratamento de quimioterapia para combater um câncer linfático -, Lula disse que Dilma vai combinar o tratamento de saúde com a coordenação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Presente na comitiva, a ministra ficará na capital amazonense nesta terça (28) quando participará de uma reunião com os prefeitos para debater as obras do PAC. Segundo o presidente, a fase agora é de “tocar” os empreendimentos. Lula disse que os entraves burocráticos emperram as obras na fase inicial.

O presidente destacou que o governo vai asfaltar a BR-319 que liga Manaus a Porto Velho (RO), apesar dos problemas ambientais. “Está é uma obra que nós estamos devendo a nós mesmo”, disse o presidente.

Lula ainda falou da construção da ponte de 3,6 quilômetros sobre o Rio Negro, que vai ligar a capital ao município de Iranduba, a primeira obra que visitou na cidade. O empreendimento é feito com recursos do estado e federal.

O presidente participa em Manaus de uma reunião com os governadores da Amazônia Legal para assinar o “Compromisso Mais Amazônia pela Cidadania” que tem por meta a redução das desigualdades regionais. Amanhã, ele viaja para o Acre.

De Brasília,
Iram Alfaia
Do site:www.vermelho.org.br

Vitória do povo no Equador. Vitória dos povo latino americano.









Rafael Correa foi reeleito ontem, em primeiro turno para mais um mandato de presidente do Equador.
À esquerda está avançando na America Latina. Após várias ditaduras militares que cercearam o avanço das forças progressistas e populares no continente, as forças de esquerda se reencontrando com o sentimento dos povos latinos secularmente oprimidos pelo colonialismo que dizimou milhões de irmãos indígenas. Começa a perder força também as sucessivas "saídas por cima" com os famosos pactos das elites sempre em reação ao avanço das forças populares sobre as burguesias locais, subservientes as metrópoles e suas burguesias. Parabéns a população do Equador, viva a revolta dos povos latinos americanos.

É difícil.







Não tem jeito, o Botafogo mesmo estando melhor, treme para o Flamengo. Não satisfeito em tremer, ajuda o Flamengo fazendo os gols que o time Rubro-negro não consegue fazer. Que coisa interessante essa tal da "tremedeira" de uns times diante de outros. É impressionante se tivesse mais tempo iria estudar esse fenômeno. Parabéns para o Flamengo que não tem nada a ver com com isso. O Flamengo venceu a taça Rio, empatou a primeira da final e se a tremedeira do Fogão continuar a faixa de campeão pode começar a ser bordada de vermelho e preto.

Deu Leão na primeira.



O Leão do Picí venceu a primeira partida da decisão do campeonato patativense 2009. As lambanças da arbitragem chamaram atenção. Imaginem se o juiz fosse da terra. O pênalti marcado a favor do Ceará foi uma das cenas mais hilárias que vi no futebol. O jogador do Ceará tropeçou na grama, ninguém por perto, caiu e o juiz marcou a penalidade. O Fortaleza vem com mais ritmo de jogo mas é ariscado dizer que a fatura já esta liquidada para o tricolor. No segundo tempo o Ceará teve um domínio do jogo que me chamou atenção, ou seja não está morto. O Fortaleza me parece mais técnico e com valores individuais melhores ou em melhor fase. Doimigo que vem não tem mais jeito uma parte da multidão que for ao estádio “sairá sorrindo à outra chorando”.

Dois pesos e duas medidas?

Os episódios relacionados abaixo não viraram "novelinhas" na nossa grande mídia.O que houve para tamanho silêncio?


1.A possível contratação irregular de um jatinho pelo gabinete do senador Tasso. Já pensaram se tivesse sido com alguém da esquerda. Milhares de entrevistas,cópias de notas, opinião de funcionários. Um turbilhão de fatos sem ter nenhuma relação com o episódio durante dias na mídia.

2. O número exagerado de faltas de alguns deputados federais nas atividades da Câmara Federal.

3. O encontro regional com cara de “campanha antecipada” feita em Iguatu pelo tucanato com o auspício do prefeito Agenor Neto do PMDB .
Pode não ter sido um ato de campanha antecipada,acho legítimo os partidos realizarem seminários e encontros. Se não fazem são criticados por só aparecerem em ano eleitoral se fazem é campanha antecipada. Não é fácil julgar o que é campanha antecipada. Em outra postagem sobre programa eleitoral de rádio e tv, já conversamos sobre essa difícil decisão que cabe a justiça eleitoral. No caso de Iguatu, acho que as características do evento foram de campanha antecipada mesmo.
Imaginem desfilando em carro aberto do aeroporto para o local da atividade partidária parlamentares, quadros públicos, dirigentes, gestores da esquerda. Era "novela" para mais de ano.

4. Pedido de afastamento da cúpula do tucanato patativense¹ de alguns dos seus importantes dirigentes. Imaginem isso na Executiva Estadual do PT.

5.Paraguai fora do mapa em livro produzido pelo governo de São Paulo. Imagina isso acontecendo (erro passível de acontecer) na gestão de um petista.

6. Parte da bancada do PSDB questionando alguns aspectos do hospital para atender a população da Região Metropolitana de Fortaleza. Imagina alguém da bancada do PT perguntando pelo menos pela cor da parede do hospital.


Chamo de "novelinhas" as matérias repetidas varias vezes sobre temas já vencidos, explicados, esclarecidos, mas considerados “polêmicos” e "boa pauta". Na maioria das vezes as polêmicas são artificiais e alimentadas por quem deseja desestabilizar ou desqualificar um determinado adversário político. Tais roteiros pululam e é pratica recorrente em setores da imprensa brasileira. Uma observação importante. Quando o episódio gerador da "novelinha" envolve as esquerdas, os movimentos sociais,os gestores e parlamentares do campo democrático e popular ela é de longa duração, às vezes chega a durar meses. Em episódios análogos que envolvem a direita e seus representantes não encontramos a mesma quantidade de capítulos ou e as vezes não temos nem o primeiro capítulo.
Divulgar, apurar , fazer milhares de matérias sobre os episódios que envolvem denúncias, irregularidades é legitimo e democrático desde que feito com seriedade e responsabilidade. O “dois pesos e duas medidas” observados nos exemplos acima e em outros é que achamos ser uma enorme contradição.


1. Ao invés de alencarino tenho usado o termo patativense para designar o povo cearense . Numa clara alusão ao maior poeta popular do planeta, o cearense Patativa do Assaré. José de Alencar é indubitavelmente um dos maiores escritores do país, tem o mérito de descrever o Brasil por toda sua obra de forma inigualável. Sou da opinião que Patativa representa melhor o vanguardismo, a rebeldia e o sangue libertário que corre nas veias do povo guerreiro do Ceará. José de Alencar era muito conservador, defendeu a monarquia (que acho símbolo máximo de modelo político conservador) e já trazia em seu pensamento político, uma dose de anticomunismo.

sábado, 25 de abril de 2009

Faltam poucas horas.

























Belíssima foto. Tiquinho o homem do gol do "tetra" ergue a taça. Provalvemente a taça simboliza o lendário e inesquecível tetra campeonato conquistado pelo Alvinegro em 1978.

Começando a decisão.



Na foto acima o timão do Fortaleza de 1982. Eu não residia ainda na capital, mas indentifico no elenco acima os craques Salvino(goleiro), Pedro Basílio, Assis Paraiba e Adilton que ainda atuavam por aqui quando cheguei em 1985. Quem lembrar o resto do time pode nos ajudar enviando os nomes dos outros craques do time Tricolor do Picí de 1982.

Abaixo a hipocrisia e a baixaria. Seja onde for.













Não encontrará guarida neste espaço qualquer chacota, sátira ou ironia com o episódio envolvendo o presidente do Paraguai Fernando Lugo. Não faremos coro com a hipocrisia e o preconceito que vem à tona em episódios desta natureza. O único ponto que merece destaque no assunto é a forma como a igreja Católica(Instituição, não falo dos que professam a fé cristã) ainda trata o tema do celibato. A igreja católica mantém uma postura conservadora, reacionária e desconexa da realidade. Tenta não se adequar ao tempo presente e a realidade dos seres humanos. Parece-me que assim fez Deus ao enviar seu filho em um determinado período histórico. Não para preservar os valores de uma época e sim superá-los e religar a humanidade com seu criador.Deus amor em essência pura, portanto generoso e compreensivo em dimensão incomensurável.
O criador não descrimina nenhum dos seus filhos e filhas, sua imagem e semelhança por viverem aquilo que nada mais é do que também sua própria criação. O amor sublime dos humanos simbolizados na essência suprema da vida representadas no nascimento de uma criança advinda de um ato de amor, em tempo e lugar algum é ou será condenada por Deus. Penso ser correto acreditar no contrário.
Como católico, essa é minha opinião. De resto nada fora do que é possível acontecer com os filhos e filhas de Deus nas suas relações terrenas. Nada que contrarie Deus. Em relação aos seus ditos representantes inclusive organizados hierarquicamente e institucionalmente, não posso dizer a mesma coisa. Abaixo a hipocrisia e a baixaria na mídia, na fé, na vida.

"Bate-boca" no Supremo. A democracia agradece











Diferente de muitos, achei o episódio envolvendo o Supremo esta semana positivo, realista e importante para nossa consolidação democrática. Não vi nada de mais e não faço coro com setores que ajudam na manutenção do status quo, colocando o episódio como “um absurdo”, um “bate-boca de esquina” etc. Ledo engano de quem pensa assim.
O importante é compreender o que de fato significou esse momento histórico não só para o “mundo” da justiça mas do próprio Brasil.
Alguém tem dúvida de que na discussão chamada erradamente por falsos moralistas ou “inocentes” que acreditam na neutralidade da justiça , inclusive progressistas de “bate-boca”¹ no Supremo se evidenciou a divisão entre dois Brasis? De um lado o Brasil escravocrata (última elite do planeta a ceder a luta dos escravos por liberdade), elitista, racista, patrimonialista, machista, homofóbica, reacionária, autoritária e violenta representada por Gilmar Mendes. Do outro lado o Brasil das ruas, do povo, das suas lutas por justiça, por dignidade e contra a opressão secular cujo Gilmar Mendes é apenas um num conjunto de vários dos seus representantes na política, na mídia e no aparato judicial. É essa a disputa de rumos em curso no país que terá em 2010 um momento decisivo. Mesmo que o ministro Joaquim Barbosa não tenha agido de caso pensado e é possível que não. O que de fato está na raiz do condenado “bate-boca” de senhores e senhoras que deveriam se postar educadamente é a própria formação socaial do Brasil e as suas duas faces os seu dois Brasis. Postar-se educadamente é dever, esconder em qualquer instituição principalmente a justiça a divisão social e de classes que queiramos ou não existe na sociedade é no mínimo ingenuidade. E você de que lado está? E cá para nós, achei o debate muito foi respeitoso.
Antonio Carlos de Freitas

Charge tirada do blog http://www.vermelho.org.br/

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Waldick Soriano interpretando um canção romantica belíssima.Tortura de amor.

PT Fortaleza realiza seminário.

Diretório Municipal de Fortaleza realiza seminário sobre avanços e desafios do modo petista de governar

A atividade acontece nos dias 24 e 25 de abril na Assembléia Legislativa do Ceará.
O Plenário da Assembléia Legislativa do Ceará recebe nos dias 24 e 25 de abril o Seminário Municipal Avanços e Desafios para o modo petista de governar em Fortaleza. No primeiro dia a atividade inicia às 18h e segue até às 19h. No segundo dia, uma mesa de debate inicia o evento às 8h30, encerrando as atividades com a última mesa de debates que terá início às 14h.
O seminário pretende reunir filiados(as), militantes do PT, gestores(as) públicos(as) e representantes da sociedade civil, com o objetivo de debater os desafios da gestão em Fortaleza à luz do modo petista de governar. Propostas também serão apresentadas para o segundo mandato petista dos próximos quatro anos.
A programação do evento conta com a participação do presidente municipal do PT, Raimundo Ângelo e estadual, Ilário Marques. Outras presenças confirmadas são de Francisco Pinheiro, Vice-governador do estado, Salmito Filho, Presidente da Câmera Municipal de Fortaleza, Alfredo Pessoa, Secretário de Administração da prefeitura da capital, Waldemir Catanho, Secretário do Governo Luizianne e José Pimentel, Ministro da Previdência Social. Deputados Federais e Estaduais também foram convidados.
Serviço:
A Assembléia Legislativa fica situada à Av. Desembargador Moreira, 2807. Dionísio Torres.
Do site:www.ptfortaleza.org.br

Tá chegando a hora. Finais do patativense 2009.








Domingo no Castelão o primeiro jogo das finais do campeonato patativense de 2009. Não vejo favoritismo. O Fortaleza em tese teria mais ritmo por está atuando mais. Um time grande se planeja. Acho que a diretoria alvinegra deva ter um calendário de motivação e treinamentos para amenizar a falta de ritmo que de falto sofre uma queda. Mesmo diante do exposto não vejo vantagem de uma equipe sobre a outra. Que vença o melhor.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Daqui a pouco só o símbolo do partido. "Lei Falcão às avessas" ?



Proibir nas propagandas dos partidos políticos fora do "período eleitoral" a aparição dos seus dirigentes, alegando promoção pessoal ou campanha eleitoral antecipada (o grande e verdadeiro motivo das atuais decisões da justiça eleitoral no Ceará) não é um exagero? Se os militantes e dirigentes, com cargos ou não, com pretensões eleitorais ou não, não puderem aparecer nas propagandas partidárias quem poderá? Será a volta da "lei falcão". Todos (as) filiados (as) de um partido é um potencial candidato (a). Se estiver na lei (parece ser o caso) como julgar a presunção de quem será ou não candidato?Qual o critério para proibição da aparição do filiado? Não pode falar da conjuntura do seu Estado, do país e do município? Respeito, mas discordo. É exercer cargo eletivo? Ser da Executiva? Ser o presidente do partido? Dirigente Municipal? Dirigente estadual? É difícil a decisão em torno do que é “promoção pessoal”. É a possibilidade de se obter alguma vantagem pecuniária ou comercial? Vantagem eleitoral? É falar das disputas política locais ? Repito, é muito difícil essa avaliação.
Se Brizola fosse vivo nos dias atuais, não poderíamos ver as suas interessantes aparições no programa do PDT. Presidente de honra do PDT e sempre candidato a alguma coisa, por analogia com as decisões atuais estaria proibido de aparecr. Ta (estava) errado! Brizola? Não. A "proibição". No vídeo acima uma aparição do saudoso Leonel Brizola em um programa do PDT.

Sonhar não custa nada. Antes que eu esqueça é bom que se faça justiça.









Não poderia esquecer de reconhecer que Icasa e Fortaleza honraram o futebol cearense na noite de ontem. As equipes se classificaram para próxima fase e avançam na Copa do Brasil. Espero que tenhamos pela primeira vez um time campeão de uma competição nacional. Chega de sermos vices. Duas vezes da Taça Brasil (Fortaleza), uma vez da Copa do Brasil (Ceará), uma vez da segunda divisão (Fortaleza). Nosso torcedor merece. Sonhar também não custa nada. Boa sorte para o Fortaleza e o Icasa.

Secretariado reunido.










O secretariado da Prefeitura municipal de Fortaleza está reunindo desde a manhã do dia de hoje no Hotel Beira Mar no Meireles. Na pauta a apresentação das ações em curso de cada secretaria e das coordenações temáticas. A reunião conta com a presença do ex-prefeito de Recife João Paulo do PT. A prefeita Luizianne participa de toda a reunião que também planeja ações para o próximo período. A Imprensa marca presença no local onde registra imagens e colhe entrevistas.

PT reage as informações mentirosas difundidas pelo PPS


















Berzoini anuncia ação contra propaganda alarmista e mentirosa do PPS na TV

O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), repudiou nesta quinta-feira (23) o boato que vem sendo espalhado pelo PPS, em inserções na televisão e no rádio, de que o governo Lula vai mexer na caderneta de poupança, como fez o governo Collor em 1990, confiscando depósitos. “Ao manipular informações com o objetivo de alarmar as pessoas, o PPS age como uma sublegenda dos neoliberais tucanos e a serviço do governador de São Paulo, José Serra. O PPS utiliza de forma indevida o horário partidário no rádio e televisão para espalhar o pânico”, disse Berzoini.
A assessoria jurídica do PT vai encaminhar um questionamento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre as inserções do PPS. “A utilização do horário eleitoral de modo indevido prejudica uma conquista democrática. É inadmissível que o PPS utilize o espaço reservado aos partidos como está fazendo, manipulando informações”, disse o presidente do PT.
Segundo ele, o PPS, sob a gestão do ex-senador Roberto Freire (PE) está “cada vez mais alinhado à direita brasileira, servindo de instrumento de ataque a um governo de enorme popularidade, especialmente em Pernambuco”, de onde é o dirigente do PPS. Berzoini também estranhou o fato de Freire ser conselheiro da Sabesp (empresa de saneamento do estado de São Paulo), “sem ter nenhuma relação histórica com a empresa ou o próprio estado”.
Constituição

O deputado Fernando Ferro (PT-PE) aconselhou aos membros do PPS lerem a Constituição Federal que, no artigo 62, parágrafo primeiro, inciso II, proíbe claramente qualquer tipo de confisco financeiro, como fez o Governo Collor em 1990. “Por má-fé, o PPS , no afã de se mostrar simpático ao governador José Serra (possível candidato tucano à presidência da República em 2010) está propagando uma calúnia”.
Ele observou que a propaganda do PPS é feita pelo deputado Raul Jungmann (PPS-PE), que “está agindo como um ventríloquo tucano. É uma enorme irresponsabilidade espalhar um boato que mexe com todos os brasileiros.” Para Ferro, o PPS também é agremiação que age como instrumento do PSDB, com o qual atua como sublegenda.
O deputado EduardoValverde (PT-RO) analisa que o boato espalhado faz “terrorismo com a população brasileira”, ao incutir na mente das pessoas que poderia haver “um sequestro da poupança, como fez o governo Collor. Ele também frisou que a Constituição brasileira é clara na proibição a este tipo de medida. “Podemos tranquilizar a população de que o presidente Lula não vai mudar as regras da poupança para causar prejuízos aos pequenos poupadores”, disse Valverde.

Do site:www.pt.org.br

Minha Homenagem a Rosa da Fonseca em liberdade poética de parafrasear Ferreira Gullar.



“Quem contar a história das lutas do nosso povo, seus heróis e heroínas tem que falar da nossa guerreira Rosa da Fonseca. Ou estará mentindo”

Parafraseamos o grande poeta brasileiro Ferreira Gullar. Tirei alguns trechos de um belíssimo poema em que homenageia o PCB.
Amanhã Rosa comemorá seus 60 anos de Luta A festa acontercerá no Teatro Bar Chico Anisio no Benfica

terça-feira, 21 de abril de 2009

Obras primas. Ainda em homenagem aos nossos mais legítimos brasileiros.










Quinhentos Anos de Que?
Belchior
Composição: Belchior/Eduardo Larbanois

Eram três as caravelas
que chegaram alem d`alem mar.
e a terra chamou-se América
por ventura? por azar?

Não sabia o que fazia, não,
D. Cristóvão, capitão.
Trazia, em vão, Cristo em seu nome
e, em nome d`Ele, o canhão.

Pois vindo a mando do Senhor
e de outros reis que, juntos,
reinam mais...
bombas, velas não são asas
brancas da pomba da paz.

Eram só três caravelas...
e valeram mais que um mar
Quanto aos índios que mataram...
ah! ninguém pôde contar.

Quando esses homem fizeram
o mundo novo e bem maior
por onde andavam nossos deuses
com seus Andes, seu condor ?

Que tal a civilização
cristã e ocidental...
Deploro essa herança na língua
que me deram eles, afinal.

Diz, América que es nossa.
só porque hoje assim se crê
Há motivos para festa?
Quinhentos anos de que?

Música composta por ocasião dos 500 anos da invasão espanhola e portuguesa nas Américas. Uma pérola. Uma das mais politizadas composições e uma das mais belas fotografias já produzidas no Brasil.
E não me venham com o comentário desinformado: "E o Belchior nunca mais escreveu nada?"

Que seja dita a verdade.Chega de deturpação das informações sobre os conflitos sociais






Altamiro Borges:
TV Globo e jagunços disparam contra o MST
O Fantástico, da TV Globo, disparou covardemente contra o MST na noite de domingo (19). Ao noticiar os violentos confrontos na Agropecuária Santa Bárbara, na região de Xinguara, no sul do Pará, ele acusou os sem-terra de terem invadido a fazenda, atirado em “seguranças” da empresa e de terem feito jornalistas de “reféns”, usando-os como “escudo humano” no meio de um tiroteio. Num espetáculo deprimente, a emissora exibiu cenas de sangue, agressões e humilhações. Só faltou acusar os líderes do MST de “terroristas” e “bandidos”. As imagens induziram a isto!

Por Altamiro Borges*
A TV Globo só não realçou que a fazenda ocupada desde fevereiro por 120 famílias de sem-terra pertence ao Banco Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas, investigado por crimes financeiros e que se jacta da sua influência sobre a mídia. Também não explicou porque os quatro jornalistas chegaram ao local num avião fretado pela Santa Bárbara, o que poderia indicar a encenação de uma emboscada. E não esclareceu que os tiros diante das câmeras de TV foram disparados por jagunços contratados pela empresa — e não meros seguranças. Os jornalistas ficaram sempre atrás dos jagunços. Nem sequer entrevistaram os líderes do MST para entender as razões do conflito.

Uma emboscada televisionada

Diante desta abjeta manipulação, a coordenação do MST-Pará emitiu nota oficial, que também não foi divulgada pela emissora privada. Ela comprova que a violência neste final de semana foi provocada pelos jagunços de Daniel Dantas. “Os sem-terra não pretendiam fazer a ocupação da sede da fazenda e nem fizeram reféns. Nenhum jornalista nem a advogada do grupo foram feitos reféns pelos acampados”. Ela informa que na manhã do sábado, quando 20 sem-terra recolhiam palha para reforçar seus barracos, jagunços chegaram fortemente armados e passaram a provocar. “O trabalhador Djalme Ferreira foi obrigado a deitar no chão, enquanto os outros conseguiram fugir. Ele foi preso, humilhado e espancado pelos seguranças da fazenda de Daniel Dantas”.
No retorno ao acampamento, as sem-terra decidiram em assembléia realizar uma marcha. “Os jornalistas, que estavam na sede da Agropecuária Santa Bárbara, acompanharam o final da caminhada. Não havia a intenção de fazer os jornalistas de ‘escudo humano’, até porque os trabalhadores não sabiam como seriam recebidos pelos seguranças. Aliás, os jornalistas que estavam no local foram levados de avião pela Santa Bárbara, o que mostra que ela tinha tramado uma emboscada”. A própria Polícia Militar negou as notícias sobre “reféns” e “escudo humano”.
Segundo a direção estadual, “os trabalhadores do MST não estavam armados e levavam apenas instrumentos de trabalho e bandeiras do movimento. Apenas um posseiro, que vive em outro acampamento da região, estava com uma espingarda. Quando a marcha chegou à guarita dos seguranças, os sem-terra foram recebidos à bala e saíram correndo — como mostram as imagens veiculadas pela TV Globo. Não houve um tiroteio, mas uma tentativa de massacre. Nove trabalhadores rurais ficaram feridos pelos seguranças da Agropecuária Santa Bárbara. O sem-terra Valdecir Nunes Castro, conhecido como Índio, está em estado grave. Levou quatro tiros. Depois de atirar contra os sem-terra, os seguranças ainda fizeram três reféns”.

Queda de audiência e de credibilidade

Mais esta manipulação grosseira da TV Globo, desta vez a serviço do banqueiro Daniel Dantas, até poderia motivar a abertura de processo jurídico. Os sem-terra foram exibidos como bandidos, enquanto os verdadeiros bandidos permanecem em liberdade — inclusive com a ajuda de habeas-corpus do STF.
A edição do Fantástico, “a revista eletrônica da Globo”, foi totalmente distorcida, um exemplo do pior jornalismo. Isto talvez ajude a explicar a queda constante de audiência deste programa, que perde credibilidade a cada semana. Neste mesmo domingo, ele teve o pior Ibope desde que foi levado ao ar pela primeira vez em 1973. Alcançou apenas 19 pontos em São Paulo.

* Altamiro Borges é jornalista, editor da revista Debate Sindical e autor do livro As encruzilhadas do sindicalismo (Editora Anita Garibaldi, 2ª edição).

O maior ídolo alvinegro das últimas duas décadas.

O maior ídolo das últimas duas décadas do Ceará Sporting Clube se chama Sergio Alves. Na ativa, estará nas finais ajudando ao time alvinegro buscar mais um campeonato estadual. Torcemos por bons espetáculos que a "paz esteja conosco". Vença o melhor time e sejam campeões a dignidade, o respeito mutuo e a tolerância. Na foto ao lado com o atleta Geraldo.

Clodoaldo. Para mim o melhor dos últimos anos.








Sou fã do futebol de Clodoaldo. No Cearense de 2009 revivemos alguns bons momentos do grande último ídolo do nosso futebol. Atuando pelo Guarany de Sobral o "Baixinho" trouxe alegria para os que gostam do bom futebol. Craque, gande espetáculo vê-lo jogar. Sua melhor fase foi sem dúvida no Tricolor do Picí. Na última metdade da década passada e na primeira metade desta "Clodô", na minha opinião fez a diferença.

"Feriado de Tiradentes". Lembremos também de Cipriano Barata. Grande herói brasileiro




















"O homem de todas as revoluções"


Cipriano José Barata de Almeida, também chamado de “Campeão da Liberdade”, se formou em Filosofia e foi uma das figuras mais impressionantes da época da fundação do Brasil. Teve presença marcante na cena pública, sobretudo, através da Imprensa; destacou-se como defensor da liberdade de expressão; foi muito combatido, perseguido, mas também idolatrado.
Defendeu o direito de participação da mulher na vida política, o federalismo e a descentralização de poderes no Brasil e combateu o militarismo. Foi um dos civis que mais conheceu prisões no Brasil.
Para os historiadores, ele era considerado como uma figura pouco lembrada na história revolucionária do Brasil; nativista radical, que punha a liberdade em 1º lugar; era considerado a voz do povo; político e ideólogo representa o momento da fundação do liberalismo no Brasil; resumindo, era o “Herói do Brasil”.
Para ele, a liberdade de imprensa não deve ser interrompida por censura prévia. Dizia em que numa Revolução, o povo reassume a sua autoridade e os seus Direitos e destrói o seu Governo, acabando com tudo velho e criando tudo novo. As guerrilhas são pequenas companhias de caçadores espalhadas em perpétua emboscadas e são as únicas que podem defender o país das dificuldades.
Ressalta que existem muitas desigualdades sociais, mas na realidade o verdadeiro fidalgo é o lavrador; o pedreiro é mais útil e necessário que um Conde e qualquer sapateiro é mais útil do que um Marquês.
Por fim, morre no Rio Grande do Norte, onde o local de seu túmulo desaparece.
Do site:http://www.overmundo.com.br/banco/cipriano-barata-o-idolo-desviante

Los Hermanos e Belchior. À palo seco



Exelente parceria do nosso monstro sagrado da MPB e da turma boa dos Los Hermanos

Todo dia era dia de índio, mas agora.................













Nossa homenagem ao nossos índios. Heróis da resitência contra o domínio colonialista do nosso território

Um Índio

Caetano Veloso
Composição: Caetano Veloso

Um índio descerá de uma estrela colorida e brilhante
De uma estrela que virá numa velocidade estonteante
E pousará no coração do hemisfério sul, na América, num claro instante
Depois de exterminada a última nação indígena
E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida
Mais avançado que a mais avançada das mais avançadas das tecnologias
Virá, impávido que nem Muhammed Ali, virá que eu vi
Apaixonadamente como Peri, virá que eu vi
Tranqüilo e infalível como Bruce Lee, virá que eu vi
O axé do afoxé, filhos de Ghandi, virá
Um índio preservado em pleno corpo físico
Em todo sólido, todo gás e todo líquido
Em átomos, palavras, alma, cor, em gesto e cheiro
Em sombra, em luz, em som magnífico
Num ponto equidistante entre o Atlântico e o Pacífico
Do objeto, sim, resplandecente descerá o índio
E as coisas que eu sei que ele dirá, fará, não sei dizer
Assim, de um modo explícito
E aquilo que nesse momento se revelará aos povos
Surpreenderá a todos, não por ser exótico
Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto
Quando terá sido o óbvio

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Luizianne Lins consolida sua liderança nacional











Luizianne atuante e firme na busca de melhorias para Fortaleza alcança um novo degrau no contexto político nacional. Parabéns por sua eleição para direção da Frente Nacional de Prefeitos e Prefeitas.


Luizianne Lins toma posse na nova diretoria da Frente Nacional de Prefeitos(as)
Com a vitória, Luizianne passa a integrar a nova diretoria da Frente para o biênio 2009/2010.

A prefeita Luizianne Lins foi eleita e empossada na tarde desta quinta-feira (16/04) vice-presidente de Relações Internacionais da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). A votação ocorreu durante a 54ª reunião geral da entidade, que acontece até amanhã, no Hotel Nacional, em Brasília/DF. O prefeito de Vitória (ES), João Coser, foi eleito o novo presidente.

Com a vitória, Luizianne passa a integrar a nova diretoria da Frente para o biênio 2009/2010. “Mais do que a especificidade do cargo, fazer parte dessa diretoria vai me possibilitar estar mais atualizada e sintonizada com os debates nacionais. Vejamos o exemplo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), cuja atuação da FNP junto ao presidente Lula foi fundamental para recomposição mínima das perdas”, avaliou.

Na noite de hoje, o presidente Luis Inácio Lula da Silva, ao lado da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, recebeu os recém-empossados diretores. No encontro, Lula destacou a necessidade de fortalecer a temática da mobilidade urbana nas discussões da Frente. Citando o exemplo de Fortaleza, que teve 20% de inclusão de novos usuários no transporte coletivo, o Presidente ressaltou a necessidade de reunir experiências bem sucedidas na busca de uma solução definitiva para os grandes centros urbanos.

A Frente Nacional de Prefeitos agrega 200 cidades filiadas. Sua atuação notabiliza-se entre as entidades municipalistas de âmbito nacional pelo fato de representar as capitais, cidades médias e aquelas pertencentes às regiões metropolitanas, além de possuir sua diretoria formada exclusivamente por prefeitas e prefeitos em pleno exercício de seus mandatos. A reconstrução do pacto federativo é o seu princípio de atuação.

domingo, 19 de abril de 2009

Nossa homenagem ao "Rei" Roberto Carlos.

As baleias
Belíssima canção de Roberto Carlos e seu grande parceiro Erasmo Carlos.

Nada de novo no pebol pelo Brasil afora.








No futebol pelo Brasil de meu Deus deu o óbvio.
Fortaleza campeão do returno.
Botafogo tremendo para o Flamengo.
Corinthians melhor que o São Paulo nas duas partidas e merecendo a classificação.
E sobre as finais do pebol patativense?
O que posso dizer?
O óbvio: “É briga de cachorro grande”
Parabéns para a torcida do Fortaleza
O Ferroviário escapou de ficar sem atividade no segundo semestre. Com a classificação do Fortaleza o time da Barra estará na série D.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Cuba. Será o fim do bloqueio?



Crise mundial e fim do bloqueio a Cuba devem pautar Cúpula das Américas
Começa neste sábado (18), em Porto de Espanha, capital de Trinidad e Tobago,a 5ª Cúpula das Américas, com a presença confirmada de 34 chefes de Estado e de governo do continente. A crise internacional e seus efeitos sobre a América Latina, além da reinserção de Cuba no sistema interamericano, estão entre os principais itens da reunião que se encerra no domingo (19). Além disso, a cooperação regional em matéria de energia destaca-se na agenda do encontro da ilha caribenha.

A única ausência da cúpula é de Cuba – o país foi expulso da Organização dos Estados Americanos (OEA) em 1962, três anos após Fidel Castro chegar ao poder. Mas a expectativa das delegações que já chegaram a Trinidad e Tobago é de que o presidente norte-americano, Barak Obama, ouça o clamor da região para que seja suspenso o bloqueio dos Estados Unidos a Havana. O governo brasileiro tem atuado para que sejam normalizadas as relações entre EUA e Cuba.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega a Trinidad e Tobago na tarde desta sexta-feira (17). Ele vai participa neste sábado de encontro com os presidentes Barak Obama e dos 12 países que integram a União das Nações Sul-americanas (Unasul). O pedido foi feito por Obama à atual presidente da Unasul, a presidente do Chile, Michelle Bachelet. Em debate, a crise mundial, o protecionismo comercial, as desgastadas relações dos EUA com a América Latina e o embargo cubano.

Apesar de considerar positivos os passos dados pelos EUA para melhorar as relações com Cuba, o presidente Lula continua a classificar o bloqueio à ilha caribenha como uma “anomalia” no atual cenário internacional.

“O presidente Lula considera a manutenção do bloqueio a Cuba uma anomalia no ambiente internacional, que há muito tempo superou a confrontação da Guerra Fria [disputa entre EUA e União Soviética pela hegemonia mundial, entre o fim da Segunda Guerra Mundial e o início da década de 1990], sobretudo considerando que no momento atual todos os países da América Latina e Caribe têm relações com Cuba”, afirmou o porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach.

Ainda conforme Baumbach, as ações dos Estados Unidos indicam maior “boa vontade” e “passo inicial” para o fim do embargo econômico, comercial e financeiro imposto a Cuba em 1962.

Na última segunda-feira (13), o governo de Barack Obama anunciou a queda de restrições a viagens a Cuba e de envio de dinheiro de cubanos e norte-americanos ao país caribenho.

Para o embaixador do Brasil na Organização dos Estados Americanos (OEA), Osmar Chohfi, a reunião da Unasul, marcada a pedido de Obama, reforçará o sinal de novos tempos nas relações entre os EUA e o resto do continente.

"É óbvio que essa cúpula proporciona uma nova oportunidade de diálogo, e eu acho que o presidente Obama não vai se constranger. Vai ser um diálogo firme, mas será um diálogo respeitoso. Eu acho que haverá o reconhecimento por parte deles que hoje nós temos uma região, que busca a consolidação da sua democracia através de caminhos que são decididos nacionalmente. Na verdade, eu creio que é uma demonstração da riqueza das instituições da nossa região. E não creio que haja qualquer diálogo que possa constranger qualquer um dos chefes de Estado presentes", disse o embaixador.
Do site:www.pt.org.br

Pebol Patativense. Hoje acontece a primeira partida da decisão do returno

Logo mais em Sobral na Zona Norte do estado, teremos o jogo Guarany x Fortaleza. A expectativa é de uma boa partida. O time de Sobral que subiu da segunda divisão ano passado fez um grande returno e está na final. O Fortaleza vem num crescente no returno e vai bem na Copa do Brasil. Não adinata esconder a realidade. "São 11 contra 11" , mas com todo respeito ao Guarany, o Fortaleza é o grande da parada. O time de Sobral pode vencer? Pode. Pode ser campeão? pode. Não seria nenhum demérito um time do interior ser campeão, pelo contrário sacudiria um pouco nosso pebol. Só acho que ainda não será desta vez.

Do genial Fauto Nilo e outros parceiros: Caravana do deserto. Simplesmente uma das mais lindas composições da nossa MPB

Unilab uma conquista da cidadania. Resgate da dívida histórica com nossos irmãos e irmãs africanas.


Em Pacoti, Eudes Xavier debate implantação da UnilabData da publicação: 2009-04-15

O deputado federal Eudes Xavier(PT-CE) esteve em Pacoti, no Maciço de Baturité, segunda-feira última (13.04), para participar de uma audiência pública sobre a implantação da Unilab – Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira.
Na oportunidade, o parlamentar cearense explicou e esclareceu dúvidas sobre todo o processo de implantação da instituição de ensino a ser sediada na vizinha cidade de Redenção. O evento foi organizado pelo mandato do vereador Dr. Marcos e aconteceu na quadra da Escola Menezes Pimentel. Cerca de 250 pessoas, entre estudantes, professores e moradores da região, participaram da audiência. Durante o debate, o deputado Eudes Xavier ressaltou a importância do encontro. “Hoje tive a oportunidade de visitar o planalto e outras áreas de Pacoti e ver a vontade do Dr. Marcos em ajudar o povo mais pobre. Ver a preocupação de um médico para com o povo mais pobre de sua cidade, me fez lembrar de um outro grande médico, Che Guevara, que lutou em defesa dos povos mais humildes da terra .A Unilab é um projeto de iniciativa do governo do presidente Lula e do MEC que tem à frente o ministro Fernando Haddad . Esse projeto tem duas simbologias. A primeira é o empenho do governador Cid Gomes em ser parceiro da universidade doando um terreno de 130 hectares para a construção de sua sede. A segunda é ser sediada na cidade de Redenção, primeira cidade do Brasil a abolir o escravos. Me sinto honrado em ter sido escolhido relator e dar parecer favorável para a sua instalação “, destacou Eudes. O vereador Dr. Marcos falou sobre a importância de um investimento federal na região e reforçou a necessidade da construção de uma estrada que ligue diretamente o município de Redenção à Pacoti.
Ainda durante a audiência, o deputado Eudes Xavier destacou o intercâmbio cultural e científico que a universidade irá proporcionar aos estudantes e professores, já que a Unilab vai integrar o conhecimento acadêmico brasileiro com os outros países de Língua Portuguesa: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. O deputado também afirmou que “essa universidade vai desenvolver o potencial turístico e agrário que Pacoti possui, (...) porque só Redenção não vai suportar os 5 mil alunos da Unilab, eles vão morar e contribuir com as outras cidades da região”. Eudes Xavier confirmou seu empenho em lutar por recursos para a construção da estrada Redenção-Pacoti e incluir a reforma da Escola Menezes Pimentel no seu projeto de emenda orçamentária para 2010.