domingo, 8 de março de 2009

Olha a síndrome da tremedeira(ou da inferioridade) aí gente..........




Central Quixadá...
Um empate e uma derrota. Essa é a trajetória do Ceará após conquistar o primeiro turno do campeonato cearense. As duas equipes que o Alvinegro enfrentou são melhores, piores ou iguais em termos técnicos ao Ferroviário Atlético Clube? Será que a tal síndrome da inferioridade existe no futebol? Se não for muito incomodo leiam a postagem abaixo que escrevi aqui no blog após o resultado do primeiro turno do futebol patativense. A título de informação o Quixadá é o lanterna absoluto do campeonato cearense, praticamente rebaixado. O Central de Caruaru no primeiro turno do pebol pernambucano foi o sétimo colocado. O Quixinha, quem diria a pior equipe do campeonato sem concorrentes, venceu o Ceará Sporting Clube por 1x0. Não sei se ainda tem chances de não cair. Parece que mesmo com esse feito a coisa da difícil para o nosso simpático time da terra dos monólitos.

Postado no dia 1 de março de 2009

Não é nenhuma surpresa o Ceará abiscoitar o 1ºturno. Talvez sem nenhum demérito tenha sido só um pouco melhor que o time da "estrada de ferro", não muito, mas o suficiente para ser vencedor. É o que basta. Observando um pouco mais de uma década do nosso campeonato cearense “vei” de guerra, cheguei a algumas conclusões em relação ao Ferrão e as possibilidades de ser campeão. O Tubarão da Barra para ganhar um turno (campeonato também) do Ceará ou do Fortaleza nas atuais condições tem que ta sobrando. Sobrando muito, não é pouco não. Tenho uma equação para projetar resultados analisando o Ferrão nos últimos anos que é a seguinte. E não me venha dizer que futebol “não tem lógica”. Tenho errado pouco em aplicá-la.

Situação 1.Se o Ferrão tiver inferior aos dois, só uma zebra para sair campeão(vitorioso). Zebra é contar com a sorte. Nada racional para uma análise séria. Ceará e /ou Fortaleza x Ferrão com os times parelhos é mais para Ceará e Fortaleza. Fatores explicados no item 2 colaborarão na compreensão.


Situação 2. Ferrão um pouquinho melhor (talvez o caso desse primeiro turno) não é bom arriscar. Há fatores como pressão, a exagerada e prejudicial visão de que arbitragem sempre erra contra o time, maneira de se esconder os defeitos (há erros, mas não tem sido o culpado pelo Ferrão não chegar lá). Historicamente a torcida coral (em certo momento com razão) cultua essa relação conflituosa com os homens e mulheres de preto (árbitros e arbitras). A torcida seja ela qual for, e a do Ferrão não poderia ser diferente padece da “loucura momentânea”, até pode pensar assim a Diretoria não. O peso das torcidas adversárias inquestionavelmente maiores (fator que acho importante, mas não decisivo) e o mais grave a “síndrome de inferioridade”. São esses dentre outros fatores que na soma tem efeito negativo igualando o Ferrão ao adversário levando-o para situação 1.


Situação 3.O Ferrão com um timão parecido com os de 88,94 e 95 "atropelando tudo", sem tremer, reagindo a placares adversos, dando show de bola e sobrando em campo (não foi o caso desse primeiro turno). A torcida coral pode ir sem medo, é Ferrão na cabeça. Ganha com certeza. Perder é possível, mas volta à história da zebra, exceção da lógica, que repito existe. E se é melhor e perde de fato o tal “fator psicológico”, aqui traduzido como síndrome de inferioridade existe. O Ferroviário é uma grande força do nosso futebol, uma das maiores honras e orgulhos do futebol cearense e é um time grande. É preciso isso ser trabalhado por diretoria e atletas. Tem que ser feito um trabalho de motivação muito bem feito, para que se estabeleça um clima de que ganhar dos dois maiores adversários não é um sonho impossível. Aquela coisa de fazer 1x0 no primeiro tempo e torcer pelo fim do jogo restando mais que um tempo de jogo é um erro, recuar e não encarar o adversário não tem dado certo. Vitórias diante de Ceará e Fortaleza não podem ser vistas como um feito épico. Prestem atenção em um time que consegue a marcação de um pênalti no primeiro tempo e que sofre da síndrome de inferioridade. Parece que ganharam um mundial (mesmo antes de saber se a penalidade será convertida em gol).


Faço esse comentário pelo simples fato de que nesse primeiro turno o Ceará não era um time infinitamente superior ao Ferrão, ganhou com méritos, frieza e mais objetividade. Mas acredito que se esses fatores aqui levantados como prejudiciais e com reflexo dentro de campo fossem superadas, as histórias poderia ser contada de outra forma. Tudo isso não tem sentido sem um time bom dentro de campo. Caso contrário teremos que ouvir a frase dura, dolorosa, mas que serve como alerta. “O que falta é time”. Por achar que O Ferrão já teve times melhores, e talvez até tenha hoje e perde, prefiro alertar para esses “fatores externos” que entram em campo junto com o time. Parabéns ao Ceará que não tem nada com isso teve frieza, objetividade e futebol suficiente par superar os adversários com seus problemas e dramas dentro e fora do campo.

2 comentários:

  1. Juscelio de Holanda Cavalcanti9 de março de 2009 15:40

    Antonio Carlos sua análise foi perfeita, um primeiro turno muito fraco tecnicamente, mesmo com time limitado o Ferrão não abiscoitou o turno por detalhe. Nas duas jogadas bem elaborada pelo ataque do Ceará, uma em cada partida do ala Boiadeiro, na minha opinião o craque do campeonato até agora, sairam os gols que deram o turno ao Ceará. O regulamento favorece que times com baixo aproveitamento cheguem no quadrangular, mata-mata, em pé de igualdade, quando não dá nenhuma vantagem aos primeiros colocados, já que não existe saldo de gols nas partidas, isto é, quem perde de 5 pode vencer de 1 e levar a decisão pra prorrogação e penaltis se necessário.Um pouco mais de ousadia e o Ferrão teria saído vencedor do turno. Parabéns pelo blog, e até o próximo comentário.

    ResponderExcluir
  2. O problema não é o time do kanal vencer o primeiro turno, afinal, eles também são gente, e merecem ganhar um turninho nem que seja a cada 3 anos. Complicada é babação generalizada da imprensa, em particular, dos "imparciais" do sistema O Povo que, hoje disseram na TV que o icasa é favorito na quarta e que o kanal já está nas finais do turno. Um poquinho exagerado... Eudes Baima

    ResponderExcluir